25/06/2015 11h39 – Atualizado em 25/06/2015 11h39

Ao conversar com o infrator, A PMA verificou que o homem passa por tratamento psiquiátrico.

Assessoria

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado (MS) autuou ontem (24) à tarde um aposentado de 49 anos, por maus-tratos a animais.

Uma clínica veterinária que tratava de um cachorro informou que o proprietário do animal havia, há quatro dias antes, provocado cortes ao cachorro em várias partes do corpo com uso de um facão. Com o laudo veterinário, a PMA deslocou-se até a residência do infrator e verificou a veracidade da denúncia com a vizinhança.

Ao conversar com o infrator, A PMA verificou que o homem passa por tratamento psiquiátrico. De qualquer forma, os policiais efetuaram um auto de infração administrativo, arbitrando multa de R$ 1.000,00 contra o infrator. O autuado, residente em Aparecida do Taboado, responderá por crime ambiental. A pena é de três meses a um ano de detenção.

O cachorro continua na clínica veterinária em tratamento.

(*) Assessoria de Comunicação de da Polícia Militar Ambiental

O cachorro continua na clínica veterinária em tratamento. (Foto: PMA)

Comentários