08/05/2013 15h31 – Atualizado em 08/05/2013 15h31

PMA autua assentado explorando madeira ilegalmente na reserva legal do assentamento

Da Redação

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Campo Grande (MS) realizava fiscalização ontem à tarde, no assentamento Barra Nova, localizado na área rural do município de Sidrolândia (MS) e verificou que um assentado derrubava diversas árvores dentro da reserva legal (área protegida) do assentamento para a exploração da madeira. As árvores eram transformadas em palanques e estacas para a confecção de cercas. A PMA apreendeu 81 lascas de madeira de várias espécies, derrubadas pelo infrator sem documentação ambiental na área protegida.

O assentado responderá por crime ambiental. Se condenado poderá receber pena de detenção seis meses a um ano. Ele também foi multado administrativamente pela madeira retirada em R$ 600,00.

Na semana passada a PMA havia autuado outro assentado também por extração ilegal de madeira em outro assentamento de Sidrolândia. Vários crimes ambientais têm sido encontrados e combatidos em assentamentos pela PMA, porém, a extração ilegal de madeira tem sido o crime mais comum.

(*) Com informações de PMA

 As árvores eram transformadas em palanques e estacas para a confecção de cercas (Foto: Divulgação/PMA)

Comentários