14/10/2013 08h34 – Atualizado em 14/10/2013 08h34

PMA autua fazendeiro em R$ 24,6 mil por desmatamento ilegal

A área desmatada vistoriada e medida em GPS foi de 81,5 hectares

Da Redação

Policiais Militares Ambientais do Grupamento de Águas do Miranda, em Bonito (MS) autuaram hoje à tarde um pecuarista por desmatamento ilegal. A PMA localizou a infração em uma fazenda no município de Bonito, o qual fora realizado com uso de máquinas de esteira e correntão.

A área desmatada vistoriada e medida em GPS foi de 81,5 hectares e havia várias árvores derrubadas e arbustos em meio a uma pastagem abandonada. O proprietário possuía uma licença ambiental para limpeza de pastagem. Este tipo de licença é para corte de pequenos arbustos ao meio da pastagem e não árvores com material lenhoso formado, como foi o caso identificado de diversas árvores com mais de 32 centímetros de diâmetros, que é o limite para que se caracterize a limpeza de pastagem, conforme a licença. Não se precisa de trator para se realizar este tipo de limpeza.

As atividades foram interditadas e o proprietário da fazenda, residente em Rio Brilhante (MS) foi autuado administrativamente e multado em R$ 24.600,00. O proprietário rural responderá por crime ambiental e, se condenado, poderá pegar pena de três meses a um ano de detenção.

(*)Com informações de Assecom PMA MS

O proprietário possuía uma licença ambiental para limpeza de pastagem, licença para corte de pequenos arbustos ao meio da pastagem. (Foto: Divulgação/ Assecom)

Comentários