24/04/2015 08h58 – Atualizado em 24/04/2015 08h58

A autuação foi em razão de que a motosserra não possuía Documento de Porte e Uso (LPU)

Da Redação

Policiais Militares Ambientais de Costa Rica (MS) realizavam fiscalização de prevenção e combate a crimes ambientais, no município de Chapadão do Sul (MS) e autuaram hoje pela manhã, um homem de 49 anos, residente naquela cidade por uso de um motosserra ilegal. O infrator serrava madeiras para tirar lenha com a máquina ilegal, em uma fazenda localizada na altura do Km 140 da rodovia MS 306, a 30 km da cidade de Costa Rica.

A autuação foi em razão de que a motosserra não possuía Documento de Porte e Uso (LPU), que é a licença ambiental para transporte e utilização deste tipo de máquina. Além disso, a numeração da máquina estava raspada, indicando que também poderia ter origem ilegal.
O uso de motosserra sem este documento caracteriza-se crime ambiental, com pena prevista de três meses a um ano de detenção. A máquina foi apreendida e o infrator foi multado em R$ 1.000,00.

(*) Assessoria

A motosserra não possuía  Documento de Porte e Uso (LPU) e a numeração estava raspada. (Foto: Assessoria)

Comentários