26/03/2016 09h37 – Atualizado em 26/03/2016 09h37

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia, que atuam na operação Semana Santa, realizaram fiscalização hoje (24) pela manhã, em uma propriedade rural localizada no município de Paranaíba e autuaram o proprietário por crime ambiental de desmatamento em área protegida de reserva legal.

Assessoria

Policiais Militares Ambientais de Cassilândia, que atuam na operação Semana Santa, realizaram fiscalização hoje (24) pela manhã, em uma propriedade rural localizada no município de Paranaíba e autuaram o proprietário por crime ambiental de desmatamento em área protegida de reserva legal.

No local foi encontrada a derrubada da vegetação de grande porte em um hectare, medido com uso de GPS, dentro da Reserva Legal da fazenda, sem autorização do órgão ambiental, que segundo o funcionário, seria para a construção de uma cerca.

As atividades foram paralisadas e o fazendeiro, de 65 anos, residente em Paranaíba, responderá por crime ambiental. A pena para este crime é três a seis meses de detenção. O infrator também foi multado administrativamente em R$ 5.000,00.

(*) Assessoria de Comunicação da PMA

PMA autua pecuarista em R$ 5 mil por desmatamento na reserva legal da propriedade. (Foto: Assessoria)

Comentários