06/05/2016 17h00 – Atualizado em 06/05/2016 17h00

O responsável pelo objeto foi autuado em R$ 1,3 mil e responderá por crime ambiental

Assessoria

Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas realizavam fiscalização na tarde de quinta-feira (5) e autuaram um homem que utilizava uma motosserra sem documentação (LPU – Licença de Porte e Uso).

A máquina sem a documentação ambiental era utilizada para exploração de madeira, que era transformada em lenha e carregada em uma camionete Ford F-4000. O material estava sendo retirado de uma área denominada lixão da Carbat, tudo sem autorização.

A motosserra, o veículo e a madeira foram apreendidos e encaminhados à delegacia de Polícia Civil. O infrator responderá por crime ambiental de uso de motosserra e por exploração de madeira ilegalmente. A pena para o uso de motosserra ilegal é três meses a um ano de detenção e para a exploração de madeira de seis meses a um ano de detenção.

O infrator, residente no bairro Jardim Caçula e foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.300,00.

(*) Assessoria de Comunicação da Polícia Militar Ambiental – PMMS

A pena para o uso de motosserra ilegal é três meses a um ano de detenção. (Foto: Assessoria)

Comentários