18/03/2016 16h36 – Atualizado em 18/03/2016 16h36

No ano passado, só o Projeto Florestinha realizou trabalhos de Educação Ambiental para 11.862 alunos de escolas públicas e privadas da Capital e Interior. São as próprias crianças que realizam as palestras.

Assessoria

A Educação Ambiental tem sido a prioridade nos trabalhos da Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul, a qual tem atuado prioritariamente, por meio dos Núcleos de Educação Ambiental (NEAM) de várias subunidades no Estado, e do Projeto Florestinha, que além de atender crianças e adolescentes em vulnerabilidade social participantes do Projeto, ainda estes, desenvolvem a Educação Ambiental, por meio de oficinas, com palestras e teatro de fantoches.

A Educação Ambiental realizada pela PMA não se resume às datas comemorativas relacionadas aos temas ambientais, mas sim, é um trabalho continuado que visa à mudança cultural, mostrando que o ambiente é um complexo sistema e buscando a sensibilização pública, sobre a importância do equilíbrio ambiental como forma de manter os serviços ambientais em qualidade, como forma de gerar e manter qualidade de vida.

No ano passado, só o Projeto Florestinha realizou trabalhos de Educação Ambiental para 11.862 alunos de escolas públicas e privadas da Capital e Interior. São as próprias crianças que realizam as palestras.

Além da comemoração à Semana da Água, em razão do dia 22 de março (Dia Internacional da água), no dia 19 de março (amanhã), a Polícia Militar Ambiental comemora 29 anos de sua criação. De um trabalho inicial extremante repressivo em combate vencido contra os coureiros, em defesa do jacaré-do-pantanal, que chegou a figurar na lista de espécies em extinção, a PMA passa a priorizar a prevenção pelo policiamento ostensivo e pela Educação Ambiental.

Nessa semana da Água, de 17 a 23 de março, a PMA com diversos parceiros, tais como, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR), Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal da Capital, o Instituto de Meio Ambiente de MS (Imasul) e a Prefeitura Municipal de Paraíso das Águas realizarão diversos trabalhos de Educação Ambiental e eventos de voltados às águas.

PROJETO FLORESTINHA – Unidade I – (17 a 23 março) – CAMPO GRANDE

Na Capital, o Projeto Florestinha da unidade I, no Parque Cônsul Assaf Trad, onde funciona como um Centro de Educação Ambiental (CEA/FLORESTINHA), em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR) realizará trabalhos de Educação Ambiental, recebendo todas as tardes alunos, em oficinas com vários temas ambientais e teatro de fantoches (OFICINAS).

  1. Reciclagem de papel, com palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos.

  2. Visitação ao museu de animais e peixes taxidermizados e materiais utilizados em crimes ambientais
    (empalhados), com palestra sobre fauna, pesca, atropelamentos de animais silvestres, etc.

  3. Apresentação do teatro de fantoches, com peças sobre as questões ambientais, como: desmatamentos, incêndios florestais e resíduos sólidos, etc.

  4. **Ciclo da Água**, com palestras sobre o ciclo, uso sustentável, poluição e escassez dos recursos hídricos.
  5. Casa da Energia – Trata-se de uma maquete de uma residência com todos os locais de consumo de energia (lâmpadas, chuveiros, ar condicionado, geladeira, micro-ondas etc.). Com esta oficina é realizada a discussão e informação sobre os tipos de energia e a importância ambiental de se economizar este recurso.

  6. Plantio de mudas nativas, com palestra sobre flora (Desmatamento, erosão de solos, controle de poluição, assoreamento), preservação, conservação e uso racional dos recursos hídricos (Parque Assaf Trad).
    Ao todo serão atendidos em torno de 150 alunos das seguintes escolas municipais, além de 50 professores:

DIA 17/03 – Os participantes do Projeto Florestinha participaram de atividades educativas, na área do Parque Cônsul Assaf Trad (50 crianças e adolescente).

DIA 18/03 (Hoje) – Escola Municipal Fauze Scaff (50 alunos).

DIA 21/03 – Núcleo de formação continuada de Professores/SEMED do 6º ao 9º ano 50 pessoas (30 professores).

Dia 22 de março – Passeio Ciclístico e Plantio de 500 mudas – Com saída às 13h30 da sede do Batalhão da PMA, no Parque das Nações Indígenas, que fica ao lado do Centro de Reabilitação de Animais Silvestre (CRAS), e depois seguem de bicicleta para a sede do Florestinha, no Parque Cônsul Assaf Trad, na saída para Cuiabá. Depois de compartilhamento de informações com alunos do projeto, todos seguem para as margens das lagoas das nascentes do córrego Coqueiro para plantio de 500 mudas de árvores nativas.

Participam diversos grupos de ciclistas da Capital organizados pela Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal e da OAB e pela Polícia Militar Ambiental.

PROJETO FLORESTINHA – Unidade II – (17 a 23 março) – CAMPO GRANDE

Na Capital, o Projeto Florestinha da unidade II, no Parque Estadual Matas do Segredo, em parceria com a Instituto de Meio Ambiente de MS (Imasul) realizará trabalhos de Educação Ambiental, recebendo todas às manhãs alunos, com as mesmas oficinas e teatro de fantoches. Os alunos também realizarão uma trilha educacional pela mata. Também será executado plantio de mudas nativas em área do Parque.

DIA 17/03 – Os participantes do Projeto Florestinha participaram de atividades educativas, na área do Parque Estadual Nascentes do Segredo (50 crianças e adolescente).

DIA 18/03 – Escola da amarelinha (50 alunos)

DIA 21/03 a 23 – Desmarcadas escolas em razão da paralisação dos professores. Alunos do Projeto Florestinha participam de atividades educativas na área do Parque.

PARAÍSO DAS ÁGUAS (MS)

Uma equipe do Projeto Florestinha da unidade II, do Parque Estadual Nascentes do segredo, em parceira com a Prefeitura Municipal de Paraíso das Águas e Ministério Público de Chapadão do Sul realizarão as mesmas oficinas e mais o lançamento de três Projetos Ambientais.

  1. ABERTURA DA GINCANA ÓLEO LIMPO – Promover uma gincana entre as escolas para a coleta de óleo vegetal utilizado, que será reciclado, transformado em biodiesel e utilizado no ônibus da Educação Ambiental da PMA (Paraíso das Águas). Obs: A secretaria de Meio Ambiente de Paraíso das Águas continuará com a campanha de arrecadação de óleo durante todo o ano (Paraíso das Águas).

  2. PANFLETAGEM E ORIENTAÇÃO PORTA-A-PORTA SOBRE SEGREGAÇÃO DE RESÍDUOS (COLETA SELETIVA) E PREVENÇÃO À DENGUE – Equipes da Prefeitura, da PMA orientarão e do Projeto Florestinha distribuirão material educativo sobre coleta seletiva e do Projeto Rios Vivos do MPE e campanha contra a dengue e retirada de criadouros do Aedes egypti na cidade.

  3. Plantio de mudas nativas, com palestra sobre flora (Desmatamento, erosão de solos, controle de poluição, assoreamento), preservação, conservação e uso racional dos recursos hídricos, pelo Projeto Florestinha. A atividade ocorrerá com plantio de 300 mudas nativas em recuperação às matas ciliares de um córrego nas proximidades da cidade.

O Comando da PMA considera extremamente prioritário o trabalho de Educação Ambiental, haja vista, toda a movimentação criada no seio da população em defesa das questões ambientais. O Comando acredita que, só por meio da Educação Ambiental, com crianças e adolescentes, as infrações e crimes ambientais diminuirão e, as decisões deles, que no futuro estarão no Comando das ações no País, com certeza, serão mais planejadas do que estão sendo agora. Na verdade, quando se realiza Educação Ambiental, está-se fiscalizando o futuro, com a prevenção.

(*) Assessoria de Comunicação da PMA – PMMS

PMA comemora 29 anos de criação e realiza Semana da Água com Educação Ambiental na Capital e Interior. (Foto: Assessoria)

Comentários