O idoso estava tentando enforcar o cão em uma árvore, além de agredir o animal com várias machadadas na cabeça

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Aquidauana recebeu denúncia, no final da manhã de domingo, de moradores da cidade de Anastácio, versando sobre um cachorro, que estaria sendo agredido e que seria morto por um aposentado, residente próximo à cancha de Anastácio. Segundo a denúncia, o aposentado estaria tentando enforcar seu cachorro em uma árvore e desferindo golpes de machado na cabeça do animal.

MACHADADAS NA CABEÇA

A PMA foi ao local rapidamente e, quando chegou, verificou que o cachorro sem raça definida ainda estava vivo, porém, pendurado pelo pescoço em uma árvore. Os Policiais retiraram o animal do sacrifício e o encaminharam para atendimento. O proprietário do cachorro, um aposentado de 76 anos, que confirmou que o mataria, mas não informou o motivo, foi encaminhado à delegacia de Polícia Civil de Anastácio e responderá por crime ambiental de maus-tratos a animais. A pena é de três meses a um ano de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.000,00.

(*) ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ)

Comentários