15/02/2019 07h08

Todas estavam em área urbana; dessa vez, uma surucucu foi encontrada em frente a uma casa

Gisele Berto

É a invasão das serpentes em Coxim. A Polícia Militar Ambiental capturou ontem, 14, a sétima serpente em um prazo de 15 dias – todas em área urbana.

Dessa vez, o réptil era uma surucucu do Pantanal. Apesar de não ser peçonhenta, a serpente media quase dois metros, o que assustou os proprietários da casa, que chamaram a PMA para recolher o animal.

A serpente surucucu-do-pantanal (Hydrodynastes gigas) foi capturada, colocada em uma caixa de contenção e, como não apresentava ferimentos, foi solta no seu habitat natural.

OUTRAS SERPENTES

No dia 31 de janeiro, duas serpentes peçonhentas do gênero Bothrops (Jararaca), de duas espécies diferentes (uma delas conhecida como boca-de-sapo), tinham sido localizadas embaixo de uma máquina de lavar na área de serviço de uma residência na cidade. No dia 4 de fevereiro foi capturada uma serpente também do gênero Bothrops (Jararaca), e igualmente no perímetro urbano.

No dia 7 desse mês uma serpente da espécie caninana (Spilotes pullatus) foi capturada em uma chácara no perímetro urbano. O proprietário da chácara acionou a PMA quando avistou o animal no madeiramento do telhado de sua residência.

A quinta serpente foi capturada no último dia 10 no quintal de uma residência no perímetro urbano. O animal estava em uma árvore próximo a casa do comunicante. A serpente não era peçonhenta.

O sexto caso ocorreu no dia 12 à noite, quando uma serpente foi capturada dentro de sala de aula em escola da zona rural no município. O responsável pela escola acionou a PMA, quando avistara o animal (serpente do gênero Bothrops – Jararaca). Todas as serpentes capturadas estava, se, ferimentos e foram soltas no seu habitat natural.

CURIOSIDADE

Você sabe a diferença entre cobras, serpentes e víboras? Sabia que toda cobra e toda víbora são serpentes, mas nenhuma cobra é víbora ou vice-versa?

A ilustração do Aquário de São Paulo explica direitinho a diferença entre elas:

Serpente capturada em Coxim tinha cerca de dois metros. Foto: PMA

Comentários