Dono da boca já era conhecido dos policiais e cumpriu pena outras duas vezes, também por tráfico; atualmente estava no regime semiaberto, prestando serviços à comunidade

Policiais civis da Terceira Delegacia de Três Lagoas fecharam, na tarde dessa quarta-feira, 28, uma boca de fumo no bairro Vila Verde.

O local era residência de um conhecido da polícia: um homem com apelido de “Perninha”. Lá foram encontradas 30 “paradinhas” de crack (como é conhecido o pacotinho onde são guardadas porções individuais do entorpecente) escondidas no interior do guarda-roupa de um dos quartos.

“Perninha” não estava no local e foi preso no pátio da Prefeitura Municipal, local em que presta serviços através do convênio com o regime semiaberto.

O autor já havia sido preso e condenado outras duas vezes pelo crime de tráfico de drogas. Perninha foi encaminhado à Penitenciária de Três Lagoas, onde ficará à disposição da justiça.

O crime de tráfico de drogas tem pena de cinco a 15 anos de reclusão.
A Polícia Civil solicita que a sociedade continue colaborando com denúncias anônimas. As denúncias podem ser feitas pelos telefones 67 3524 3224 e 67 3929 1173 O anonimato é absoluto.

Comentários