21/10/2013 09h18 – Atualizado em 21/10/2013 09h18

Homem, esposa e filha de 1 ano e 7 meses estavam no avião. Causas do acidente ainda não foram identificadas.

Da Redação

A Polícia Civil identificou as cinco vítimas da queda do avião na noite de sábado (19), na região da Nhecolândia, no Pantanal sul-mato-grossense. Os corpos foram identificados pelos objetos pessoais e pela posição em que estavam na aeronave.

Segundo a Polícia Civil, morreram o produtor rural Ricardo Jardim de Almeida, de 48 anos, a esposa dele Fernanda Braga dos Santos Almeida, de 35 anos e a filha do casal, Valentine Santos de Almeida, de 1 ano e 7 meses. Também estavam na aeronave, Rudnei Monteiro, 50 anos, que seria funcionário do produtor; e Michele Marques, 18 anos, que seria babá da criança.

Ainda segundo a Polícia Civil, a esposa do pecuarista estava grávida.

Quatro das cinco vítimas serão veladas a partir desta noite segundo informações do cemitério Parque das Primaveras, em Campo Grande.

Os corpos foram resgatados do local do acidente no início da tarde, chegaram na capital sul-mato-grossense por volta das 16h (de MS) e foram encaminhados para o Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol), segundo informações da assessoria de imprensa da Força Aérea Brasileira (FAB).

De acordo com a FAB, dois helicópteros e uma aeronave de busca e salvamento fizeram o resgate dos corpos. Ainda segundo a assessoria, 22 militares do Esquadrão Pelicano da FAB, que tem base em Campo Grande, trabalharam na operação.

Uma equipe de peritos da Polícia Civil de Corumbá, foi para o local do acidente. Os trabalhos foram feitos com a ajuda de uma equipe da Marinha. Ainda não há informações sobre as causas da queda do avião.O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil.

ACIDENTE

A Aeronáutica confirmou que o monomotor, de prefixo PTNKO e modelo P29R, em que as vítimas estavam, explodiu na queda e que os corpos foram encontrados carbonizados. O avião decolou por volta das 5h30 (de MS) do aeroporto Teruel em Campo Grande e, por volta das 8h, o piloto declarou emergência. O destino era a fazenda Santa Gertrudes, que fica em Corumbá.

(*) Com informações de Assecom G1 MS

Comentários