29/06/2019 09h29

A Polícia Civil deve ouvir testemunhas e aguardar a conclusão dos laudos periciais. O Inquérito Policial deve ser concluído em 30 dias

Redação

A Polícia Civil de Brasilândia indiciou, na noite de sexta-feira (28), o motorista de caminhão, P.S.C., 53 anos de idade. Ele conduzia o caminhão envolvido no acidente de trânsito em que quatro pessoas morreram, ocorrido no início da noite de ontem, na rodovia MS 395, que liga os municípios de Bataguassú-MS a Brasilândia-MS.

Naquela ocasião, a Polícia Civil recebeu uma ligação de funcionários de uma propriedade rural indicando eu um motorista teria pedido abrigo no local, pois envolvera-se em acidente de trânsito grave que outros motoristas que pararam no local ameaçavam linchamento. Por determinação do Delegado de Polícia, o motorista foi encaminhado até a Delegacia de Brasilândia-MS, onde prestou esclarecimentos.

Verificou-se, na inspeção realizada no local do crime que o motorista do caminhão adentrou a rodovia MS 395, saindo de uma propriedade rural carregado com ração animal, pegando o sentido da cidade de Bataguassú-MS. Trafegou por aproximadamente 160 metros, quando foi colidido na traseira pelo veículo GM Spin, que transportava pacientes da cidade de Bataguassú-MS, que faziam tratamento médico em Três Lagoas-MS. O veículo de passeio capotou após o choque e pegou fogo, sendo que apenas o motorista conseguiu escapar das ferragens. Quatro mulheres morreram no acidente. Os corpos foram retirados do veículo após a liberação do local pela Perícia. O corpo de bombeiros executou o desencarceramento dos corpos, que foram encaminhados ao IMOL de Três Lagoas-MS, onde deverão ser identificados por exames de DNA.

A Perícia Criminal realizou os levantamentos no local, juntamente com a Autoridade Policial, registrando evidências de interesse da investigação. Verificou-se, de plano, que o caminhão tinha iluminação de segurança deficiente na parte traseira e que as faixas refletivas não estavam funcionando corretamente por ausência dos adesivos ou sujeira sobre o acessório.

Diante da situação observada no local dos fatos, o motorista foi indiciado por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar.

Não havia indício de que o motorista do caminhão estive embriagado.

A Polícia Civil deve ouvir testemunhas e aguardar a conclusão dos laudos periciais. O Inquérito Policial deve ser concluído em 30 dias.

Com informações da Polícia Civil

Divulgação

Comentários