15/04/2014 09h06 – Atualizado em 15/04/2014 09h06

A mãe da suposta vítima, uma garota de 15 anos, disse que a filha foi obrigada a praticar sexo oral

Da Redação

A Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij) investiga o caso de uma adolescente, de 15 anos, que teria sido vítima de abuso sexual no pátio da Escola Estadual Teotônio Vilela, em Campo Grande.

De acordo com a mãe da garota, a filha foi obrigada a praticar sexo oral com um adolescente, que teria 13 anos. A mulher registrou boletim de ocorrência sobre o caso na última sexta-feira (11).

O ato foi filmado e se espalhou pela internet. Os envolvidos serão ouvidos na delegacia.

(*)Com informação de Correio do Estado

Comentários