02/05/2013 16h13 – Atualizado em 02/05/2013 16h13

Vítima estava com grupo de pessoas e entrou na água primeiro, diz polícia. Testemunhas relataram aos policiais que homem tinha epilepsia.

Da Redação

A Polícia Civil investiga as causas e circunstâncias da morte de um homem de 43 anos que ocorreu, na quarta-feira (1º), em uma propriedade rural de Bandeirantes. Segundo informações do boletim de ocorrência, o incidente aconteceu em uma cachoeira que fica dentro da área.

Conforme o registro, a vítima estava acompanhada por um grupo de pessoas e entrou na água primeiro para mostrar que o local não era profundo. Durante o mergulho, desapareceu.

Amigos do homem começaram a procurá-lo até que avistaram o corpo boiando cerca de duas horas após o desaparecimento.

Testemunhas disseram que a vítima tinha epilepsia e tomava remédios controlados. O caso foi registrado como morte a esclarecer na delegacia de Polícia Civil de Bandeirantes.

(*) Com informações de G1 MS

Comentários