21/09/2019 09h50

Mulher teria espancado suposta rival e feito com que ela comesse areia; veja vídeo

Gisele Berto

A Polícia Civil de Água Clara prendeu em flagrante, na tarde desta sexta-feira, 20, duas mulheres e um homem por tráfico de drogas. Uma das mulheres detidas também responderá pelo crime de tortura. Ela aparece em um vídeo (veja abaixo) espancando outra outra mulher, fazendo-a comer areia e obrigando-a a pedir perdão.

Segundo apurado, a traficante tinha disputa pessoal com a vítima, alegando que ela estaria com seu ex-companheiro.

A equipe encontrou a suposta torturadora na casa dela. Na residência a polícia também encontrou porções de maconha, crack e cocaína. A irmã da acusada, que morava com ela, era namorada de um crimoniso conhecido da polícia, com extensa ficha criminal, inclusive no tráfico. Ela também foi autuada em flagrante.

Nas redondezas da boca de fumo foram abordados, ainda, dois possíveis usuários, que estavam com pequena quantidade de droga. Um deles, entretanto, revelou-se também como traficante, após busca na residência onde foram encontradas 69 porções de maconha.

Na delegacia, as duas suspeitas foram autuadas por tráfico de drogas e associação para o tráfico e uma delas também pelo crime de tortura, na modalidade “tortura-prova”. Neste tipo de tortura, o agente emprega violência ou grave ameaça, causando sofrimento físico ou mental, com o fim de obter informação, declaração ou confissão da vítima. Neste caso específico, a autora buscava fazer a vítima confessar que estava namorando seu ex-companheiro e pedir perdão por isto.

Quanto aos dois homens, um responderá por tráfico de drogas e o outro por porte de drogas para consumo pessoal.


Foto: Divulgação


Comentários