Cidade pode ser usada como rota de fuga pelos bandidos

A Polícia de Três Lagoas está em estado de alerta quanto aos 75 prisioneiros que fugiram, na madrugada deste domingo, 19, do Presídio de Pedro Juan Caballero, no Paraguai – divisa com Ponta Porã.

A fronteira entre MS e o Paraguai foi fechada e as polícias de todo estado estão de prontidão, com a lista de nomes e fotos dos fugitivos.

Entre os 75 presos que fugiram, 40 são brasileiros e 35 paraguaios. Todos seriam membros de uma organização criminosa que atua nos presídios brasileiros. Até agora, apenas um foi recapturado.

De acordo com o Comandante da Polícia Militar de Três Lagoas, Coronel Ênio de Souza, a lista dos fugitivos foi distribuída a todos os órgãos de segurança e em todos os postos policiais do estado.

O Delegado Regional da Polícia Civil de Três Lagoas, Dr. Rogério Market Farias, afirmou que todas as polícias do estado estão de prontidão para recapturar os presos. “Recebemos o alerta para ampliar o raio de ação da fronteira do estado. Por isso, determinamos alerta máximo às equipes das delegacias que compreendem a nossa jurisdição”, disse.

Três Lagoas é considerada rota de fuga pela proximidade da cidade com os estados de São Paulo, Goiás e Paraná.

Comentários