16/05/2013 11h40 – Atualizado em 16/05/2013 11h40

Em MS, polícia fecha autoescolas que fraudavam processos de CNHs

Estabelecimentos ficam na cidade de Nova Andradina. Candidatos conseguiam CNH sem frequentar aulas teóricas e práticas.

Da Redação

A Polícia Civil fechou duas autoescolas e prendeu proprietários e funcionários dos estabelecimentos na manhã desta quinta-feira (16), em Nova Andradina. A ação faz parte da operação Damus, feita pela Corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS), com o apoio da polícia.

Segundo a Polícia Civil, cinco suspeitos foram detidos pelos crimes de corrupção ativa e passiva, inserção de dados falsos em sistema de informação, falsidade ideológica e formação de quadrilha.

Segundo a assessoria de imprensa do Detran-MS, as investigações tiveram início há nove meses. Os proprietários das autoescolas captavam pessoas no estado de São Paulo para a obtenção de CNH em Mato Grosso do Sul. Para isso, eram utilizadas declarações falsas de residências. Os alunos, que não moravam na cidade de Nova Andradina, conseguiam a carteira de habilitação sem frequentar as aulas teóricas e práticas.

Ainda segundo a Polícia Civil, os suspeitos negociavam para que outras pessoas fizessem os exames aplicados pelo Detran/MS no lugar de candidatos analfabetos.

Mais de 200 habilitações estão sob suspeita e serão investigadas pela Corregedoria do Detran-MS. Se comprovada a fraude, os condutores terão a CNH cassada.

(*) Com informações de G1 MS

Comentários