Mulher promoveu festa de aniversário para o filho, mesmo com o decreto que proíbe aglomerações; ela também responderá por perturbação do sossego alheio e por servir bebida alcoólica a menores

Uma mulher de 31 anos foi detida nesse domingo (28), às 18h, depois que policiais militares do 2º Pelotão PM de Aparecida do Taboado acabaram com uma festa de aniversário promovida por ela em desacordo com decreto municipal. Ela também responderá por perturbar o sossego alheio e por fornecer bebida alcoólica a menores de idade.

A Polícia recebeu várias denúncias pelo 190 de que numa residência estaria ocorrendo uma festa clandestina, apesar da realização de festas estar suspensa por decreto municipal por conta da Covid-19.

Fotos: Divulgação

Os policiais militares foram até o local, onde constataram a presença de menores e de várias garrafas de bebida alcoólica. Um mulher de 31 anos informou aos policiais que havia alugado o local para comemorar o aniversário de seu filho, também menor.

Diante dos fatos, foi solicitada a presença do Conselho Tutelar da cidade, relacionando os menores e seus responsáveis legais. Já a responsável pela festa foi conduzida para a delegacia de Polícia Civil.

Comentários