17/06/2015 09h22 – Atualizado em 17/06/2015 09h22

O batedor apresentou nervosismo e contradições durante abordagem e acabou entregando que a carga estava em uma carreta parada em Anaurilândia

Fábio Jorge

Mais um carregamento de cigarros contrabandeados do Paraguai foi apreendido pela equipe da Polícia Militar Rodoviária de Três Lagoas. Desta vez, durante uma fiscalização no km 42 da rodovia BR-395, próximo à Santa Rita do Pardo – MS, os militares identificaram o batedor da carga, que acabou entregando todo o esquema.

Conforme nota à imprensa, por volta das 23h50 de ontem, terça-feira (16), os agentes deram ordem de parada ao condutor de um VW/Gol de placas de Mandaguari – PR. O motorista, sendo J.P.S foi reconhecido pelos policiais por já ter sido detido por contrabando.

Em entrevista, J.P.S entrou em contradição por diversas vezes, demonstrando nervosismo e ainda tentando esclarecer por diversas vezes que não estava fazendo nada errado. Os militares questionaram então o motivo da agitação e, após algum tempo, o homem confessou que estava desempenhando o serviço de batedor de uma carga de cigarros do Paraguai que estava na cidade de Anaurilândia, dentro de um caminhão.

De posse das informações, a guarnição se deslocou ao município relatado e identificaram o veículo, sendo uma carreta Scania de cor vermelha, placas de Ourinhos – SP, estacionada nas proximidades de uma avenida movimentada. O motorista R.F.G disse que estava transportando casquinhas de soja e, ao fiscalizar a carga, encontraram embaixo de algumas sacas, 800 caixas de cigarros das marcas Eight e San Marino. Segundo a PMR, o material tem o valor avaliado em R$ 800 mil. Diante dos fatos, os dois homens foram encaminhados para a Sede da Polícia Federal de Três Lagoas, autuados em flagrante por contrabando.

O contrabando estava oculto no meio das sacas de soja. (foto: PMR)

Comentários