Mãe pediu socorro ao Pelotão de Trânsito na noite de ontem na Filinto Muller; criança passa bem

Graças ao treinamento dos policiais de Três Lagoas uma família pode comemorar, hoje, 25, um final feliz para uma história que se mostrava desesperadora.

Policiais do Pelotão de Trânsito estavam na avenida Filinto Muller na noite de ontem, 24, quando um carro chegou próximo à equipe. De dentro do carro, saltou uma mulher desesperada, com um bebê nos braços. Ela pedia socorro e dizia que o filho não respirava.

Rapidamente os policiais perceberam que a criança, um pequeno bebê de apenas 14 dias, estava desacordado. “Ele engasgou”, disse a mulher. De fato, ele já não conseguia respirar.

No mesmo momento os policiais colocaram o pequeno de bruços e começaram o procedimento chamado de Manobra de Heimlich para desobstruir as vias aéreas. Alguns minutos depois, alívio! A Criança começou a chorar e a soltar secreção pelas narinas.

Como nada é por acaso, também nesta mesma hora uma ambulância da empresa Leituga Saúde, composta por um socorrista e enfermeira, parou para ver se precisavam de ajuda.

A enfermeira avaliou o recém-nascido e viu que ele já estava bem. Mesmo assim o encaminhou ao Hospital Nossa Senhora Auxiliadora para passar por avaliação.

Os policiais foram até o Hospital e a avó da criança disse que o pequeno havia sido avaliado pelo médico e que estava bem.

Comentários