19/03/2016 09h18 – Atualizado em 19/03/2016 09h18

O pai da criança era o condutor do veículo e segundo a PRF tinha indícios de estar embriagado

Assessoria

Na noite desta quinta-feira (17) uma equipe PRF determinou a parada de um veículo na BR-158, em Paranaíba e foi surpreendida, pois o condutor não obedeceu e fugiu em alta velocidade.

Alguns quilômetros adiante acabou colidindo contra uma cerca às margens de uma estrada vicinal, ocasião em que o veículo foi abordado e constatado que o motivo da fuga era o fato do condutor estar dirigindo embriagado e sem documentos obrigatórios.

A intervenção policial e o desencadeamento provocado pela imprudência do motorista iniciou uma discussão entre ele e sua companheira que reprovava a ação perigosa e de risco a que submeteu a sua família.

Durante a discussão do casal a equipe PRF voltou sua atenção para o filho do casal que se encontrava bastante assustado e chorando muito com toda situação. A criança foi acalmada pelo policial e permaneceu em seu colo durante todo procedimento e encaminhamento ao Conselho Tutelar para dar andamento nos cuidados do menor.

(*) PRF/MS

A criança estava no colo do policial, que a acalmou após a situação. (Foto: Assessoria)

Comentários