14/04/2014 15h30 – Atualizado em 14/04/2014 15h30

Com a pavimentação da rodovia, uma extensa região será incorporada ao processo produtivo, ganhando condições adequadas de transporte de insumos e de trabalhadores e de escoamento da produção para outros pontos de Mato Grosso do Sul e para exportação

Assessoria

As obras da pavimentação da MS-040 entram em mais uma importante etapa, com o início de construção de pontes. Na última semana, com o acompanhamento de técnicos da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), foi lançada a primeira viga da ponte de 120m de extensão por 12,80m de largura sobre o rio Pardo – na divisa de Ribas do Rio Pardo e Santa Rita do Pardo -, uma das três que serão construídas com a pavimentação da estrada.

As outras serão edificadas nos trechos sobre o Ribeirão da Lontra, na divisa dos municípios de campo Grande e Ribas do Rio Pardo, e sobre o Ribeirão Ponte da Pedra, em Santa Rita do Pardo.

Conforme a Agesul, as obras de pavimentação estão em ritmo considerado normal.

Com o empreendimento, é esperado um crescimento econômico de grande impacto na região, através da geração de emprego e aumento no escoamento da produção, tanto na pecuária como na agricultura.

Em toda a extensão de 209,033 quilômetros, máquinas e caminhões estão trabalhando em diversos serviços. A previsão é que a obra esteja concluída até o segundo semestre deste ano.

INVESTIMENTOS

Integrante do programa ações do governo do Estado – MS Forte 2, a obra da MS-040 conta com investimentos de R$ 271,1 milhões. A largura da pista com duas faixas de rolamento será de oito metros em Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ) com espessura de cinco centímetros.

O projeto também contempla a execução de pontes de concreto sobre o Ribeirão da Lontra numa extensão de 30,00m x 10,00m – localizado na divisa dos municípios de Campo Grande e Ribas do Rio Pardo; sobre o rio Pardo com 120,00m x 12,80m na divisa de Ribas do Rio Pardo com Santa Rita do Pardo e, ainda, sobre o Ribeirão Ponte de Pedra com extensão de 30,00m x 10,00m em Santa Rita do Pardo.

Desde o início das obras, no fim de 2013, diversas frentes de trabalho atuam em diferentes subtrechos.

Com a pavimentação, o governo do Estado pretende que uma extensa região seja incorporada ao processo produtivo, ganhando condições adequadas de transporte de insumos e de trabalhadores e de escoamento da produção para outros pontos de Mato Grosso do Sul e para exportação.

A região onde está a MS-040 é hoje um trecho de grandes bolsões de áreas onde, por não ter estrada no meio delas, a produção é inibida. Essa integração regional, garantindo mais produção e desenvolvimento dos municípios, é uma das propostas do MS Forte 2. (Notícias MS)

Na última semana, foi lançada a primeira viga da ponte de 120m de extensão por 12,80m de largura sobre o rio Pardo (Foto: Divulgação)

Outras duas serão edificadas nos trechos sobre o Ribeirão da Lontra e sobre o Ribeirão Ponte da Pedra (Foto: Divulgação)

Comentários