17/09/2002 11h26 – Atualizado em 17/09/2002 11h26

O atendimento ambulatorial do Hospital Universitário de Dourados vem sendo elogiado pela população. No local são oferecidas consultas em cinco especialidades médicas. Todas as consultas são agendadas e as pessoas não precisam ficar esperando em fila. A direção do HU informou que em outubro entrarão em funcionamento os serviços de diagnósticos médicos.

A dona de casa, Idalina Antunes da Rocha, moradora no Jardim Altos do Indaiá, atendida nesta segunda-feira pela manhã, disse que gostou muito da forma como foi atendida. Ela disse que os serviços que vem sendo prestados pelo HU são de ótima qualidade e acredita que vai melhorar ainda mais.

“Se tiver que dar nota para o atendimento, acho que daria mais que 10. Daria nota 11. Estou muito satisfeita da forma que como fui tratada e sinto que as pessoas que estavam aguardando junto comigo, também saíram satisfeitas”, avalia a dona de casa. Idalina foi consultada no setor de cardiologia.

Outro que elogiou o atendimento do HU, Armando Fernandes da Silva, disse que os serviços no local são muito bons. Silva disse que havia ido ao Hospital Universitário para levar um vizinho para receber atendimento com cardiologista. Segundo ele, o paciente foi muito bem atendido.

“Esse hospital vai ser muito bom para melhoria do atendimento de saúde pública em Dourados. Tem gente que critica, mas porque não quer entender que no começo tudo tem que ser devagar. O Hospital é muito grande e tem que ser ativado por etapas como vem sendo feito pela Prefeitura Municipal”, afirmou Armando da Silva.

A diretora administrativa do HU, Maricélia Canisso, disse que o hospital vem prestando atendimento aos pacientes encaminhados pela rede básica de saúde de Dourados e de municípios da região. Segundo ela, a maior procura até agora tem sido por consultas no setor de cardiologia.

Além de cardiologistas, o Hospital Universitário conta com especialistas nas áreas de Neurologia, Urologia, Ortopedia, Nefrologia. Maricélia disse que o prefeito Laerte Tetila (PT), vem se esforçando para no mês de outubro colocar em funcionamento o setor de diagnóstico. “O prefeito também tem trabalhado para ver se coloca em atividade o setor de internações até o final deste ano”.

Comentários