29/03/2016 15h39 – Atualizado em 29/03/2016 15h39

O principal problema do aparelho de ar-condicionado é o ressecamento do ar

Assessoria

Altas temperaturas costumam ser um grande incômodo na hora de dormir ou até mesmo para cumprir as tarefas cotidianas dentro de casa. Uma solução prática para evitar o desconforto causado pelo calor é investir no ar-condicionado.

São diversos modelos oferecidos pelo mercado com potências variadas e funções de regulagem, por isso, é comum ficarmos em dúvida sobre qual aparelho escolher. E, para quem tem filho bebê ou ainda criança, as incertezas são ainda maiores: será que é indicada a instalação do ar-condicionado no quarto dos bebês?

Nos dias mais quentes, o ar-condicionado pode ser uma boa opção para controlar a temperatura do ambiente, mas uma série de cuidados com a manutenção e regulagem deve ser tomada.

O principal problema do aparelho de ar-condicionado é o ressecamento do ar, que prejudica a respiração dos bebês. No caso das crianças com asma ou rinite, cujo quadro alérgico é ainda mais delicado, todo cuidado é pouco com a qualidade do ar.

Por isso, recomenda-se que nos dias quentes e secos, o ar-condicionado funcione em conjunto com um umidificador de ar ou com alguns artifícios como toalhas molhadas ou bacias de água no quarto.

Essas simples iniciativas já melhoram consideravelmente a umidade do ar. Além disso, no quarto dos bebês a temperatura deve estar entre 23° C e 27° C. Mais uma vez, no caso das crianças alérgicas, a temperatura não deve ultrapassar o limite de 27° C, já que inalar o frio pode ser tão prejudicial quanto a secura do ar e pode desencadear crises respiratórias.

Desviar o fluxo do ar, direcionando-o para cima também é uma forma de evitar desconforto nas crianças.

Outra sugestão na hora de instalar o ar no quarto dos filhos é estar sempre atento à limpeza dos filtros. No caso dos bebês mais novinhos, recomenda-se que a manutenção seja feita semanalmente para evitar a circulação de partículas de poeira.

Quando devidamente higienizado, o ar-condicionado pode funcionar como um ótimo filtro, eliminando até 80% dos elementos com bactérias e fungos, contribuindo para a diminuição das alergias.

O ar-condicionado 18000 btus é uma boa possibilidade para climatizar o quarto das crianças pequenas. Alguns modelos apresentam a tecnologia Inverter, que mantém a temperatura estável sem picos de energia, sendo mais eficiente e econômica. Além disso, os aparelhos mais modernos são pouco ruidosos, sendo mais confortáveis para resfriar o quarto dos bebês.

Mesmo com ar-condicionado, é importante evitar deixar o aparelho ligado na hora do banho. Deve ser ligado apenas quando a criança estiver trocada e com o cabelo seco. Caso o bebê passe muito tempo em ambientes resfriados, é fundamental vesti-lo com roupas mais fechadas.

(*) Conversion

Outra sugestão na hora de instalar o ar no quarto dos filhos é estar sempre atento à limpeza dos filtros. (Foto: Assessoria)

Comentários