05/06/2015 14h45 – Atualizado em 05/06/2015 14h45

O caçador, de 69 anos, residente em Rio Negro, que voltava da caçada, negou-se a informar onde praticara a caça do animal.

Assessoria

Policiais Militares Ambientais de Rio Negro (MS) foram acionados hoje de madrugada pela Polícia Militar Rodoviária Estadual, em razão da abordagem durante um bloqueio na rodovia MS 080, de um veiculo Fiat Uno, onde foram encontradas armas, munições, facas e um animal da espécie veado abatido.

O caçador, de 69 anos, residente em Rio Negro, que voltava da caçada, negou-se a informar onde praticara a caça do animal. Foram apreendidos: um animal silvestre sem cabeça, patas, couro e vísceras, um rifle calibre 22, um revólver calibre 38, um facão e uma faca, 22 munições calibre 38 e 54 munições calibre 22. As armas não possuíam documentação.

O infrator recebeu voz de prisão e foi encaminhado, juntamente com o material apreendido, à delegacia de Rio Negro, onde foi autuado em flagrante por caça ilegal e porte ilegal de arma. A pena para a caça é de seis meses a um ano de prisão e do porte de arma de dois a quatro anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 500,00 pelo abate do animal.

(*) ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS

O  animal silvestre sem cabeça, patas, couro e vísceras foi apreendido. (Foto: Assessoria)

Comentários