05/04/2016 17h26 – Atualizado em 05/04/2016 17h26

Em 12 meses, o índice subiu apenas 0,53% sendo considerada a menor alta da série histórica

Da redação

Nos três primeiros meses do ano, o preço anunciado dos imóveis baixou 0,10%, de acordo com o levantamento do Índice FipeZap. Descontada a inflação esperada para o período, de 2,72%, os preços devem ter queda real no trimestre.

Entre os meses de fevereiro e março, houve uma variação considerada positiva de 0,03%. Em fevereiro, os preços cresceram 0,64%, a menor alta já registrada desde que a pesquisa foi iniciada, em 2008.

Quando analisadas individualmente, seis das vinte cidades pesquisadas tiveram variação negativa em março, e em outras doze cidades o aumento deve ser menor que a inflação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) esperada para março.

Apenas em Curitiba e Florianópolis (+0,70% e +0,66% respectivamente) as altas superam a expectativa do aumento dos preços ao consumidor.

Nos últimos doze meses, o Índice FipeZap registrou crescimento de 0,53%, o menor valor da série histórica. Como a inflação esperada para o IPCA neste período é de 9,50%, o preço médio anunciado do m2 apresentou queda real de -8,10%.

(*) A Crítica – MS

Descontada a inflação esperada para o período, de 2,72%, os preços devem ter queda real no trimestre (Foto: Reprodução)

Comentários