18/05/2015 08h44 – Atualizado em 18/05/2015 08h44

O torneio, que contou com a participação de 400 duplas, é considerado um dos maiores eventos de pesca esportiva do país

Assessoria

Edite este campo e faça sua matéria aquiA prefeita Marcia Moura (PMDB) prestigiou na manhã deste sábado (16) o 6º Torneio de Pesca Esportiva, no Balneário Municipal “Miguel Jorge Tabox”. A Prefeitura de Três Lagoas, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, por meio do Departamento de Turismo, é parceira do evento promovido pela Associação de Pesca Esportiva (APETL).

O torneio que faz parte do calendário turístico oficial da Região Costa Leste de Mato Grosso do Sul atrai participantes de todo o Brasil, sendo considerado por muitos especialistas um dos maiores eventos do país no segmento de pesca esportiva.

Nesta edição o evento conta com a inscrição de 400 duplas das mais diversas regiões do país, principalmente dos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraná e Mato Grosso do Sul.
A prefeita disse estar muito orgulhosa em saber que o Município está sediando o maior torneio de pesca esportiva no número de participantes do Brasil.

“Quero cumprimentar a toda equipe organizadora que se empenhou para o sucesso do evento. Agradeço também ao Capitão Gancho que acreditou no torneio, nos orientou e deu total apoio para a APETL, o que auxiliou no seu brilhantismo. A competição é saudável e ela só alegra a cidade, pois o turismo melhora, os hotéis ficam cheios e, consequentemente, a Cidade prospera”, salientou Marcia.

PRESENÇAS ILUSTRES
O torneio deste ano contou com as participações ilustres dos pescadores Lester Scalon, Nelson Nakamura, Juninho e Ueberti Gonçalves, popularmente conhecido como Capitão Gancho.

O consultor técnico do evento, Capitão Gancho, ressaltou que há alguns foi convidado para trazer um evento esportivo para Três Lagoas e que chegou no Município em uma época que não existia a prática da pesca esportiva. “Hoje estamos na sexta edição e já conseguimos uma evolução fantástica, sendo que a Cidade se tornou referência no cenário nacional da pesca pela qualidade da organização apresentada aos convidados que chegam e pela quantidade de participantes.

A maior vitrine da pesca esportiva está sediada em Três Lagoas, mesmo com apenas seis edições. Devemos parabenizar o empenho dos membros da APETL pela evolução deste evento que surgiu do ano e que hoje é o maior do país”.

O pescador e apresentador, Lester Scalon, que já está há mais de vinte anos no ramo da pesca e que há três anos participa do torneio, disse que era uma sensação muito boa de poder participar do evento que ele considera ser um dos padrinhos. “Hoje nós temos em Três Lagoas o maior evento de pesca de tucunaré do Brasil e que vem evoluindo muito. Para nós que amamos a pesca esportiva é uma alegria muito grande poder participar e pretendo voltar no ano que vem, sabendo que devido ao sucesso desta edição nós iremos fazer um torneio ainda maior”.

Já o também renomado pescador e apresentador, Nelson Nakamura, que participa do evento há dois anos, salientou que o campeonato é feito de uma forma muito interessante, pois é promovido por uma associação, sendo um dos torneios mais organizados do país. “Existe uma dedicação muito grande de toda a equipe organizadora, onde os diretores da APETL, que amam a pesca esportiva, contaram que preferem deixar de competir para trabalhar na organização, isso é muito bacana e mostra o quanto eles são responsáveis e dedicados.

Neste ano fizemos o “Desafio Nelson Nakamura”, onde entregamos uma maleta com algumas iscas e competidores deveriam pegar o maior tucunaré utilizando-as e foi um grande sucesso; pretendemos no ano que vem repetir a disputa, além das palestras que ajudam a aprimorar o conhecimento dos pescadores.

PREMIAÇÃO
Entre os prêmios deste ano estão: lancha Fibralar Skyf + motor Yamaha F90HP + carreta Odne; barco Fluvial + motor Yamaha 40HP + carreta Odne; barco Fluvial + carreta Odne; um barco Fluvial; três motores Yamaha 15HP; quatro motores elétricos.

Márcia Moura esteve no evento prestigiando o empenho dos organizadores e os pescadores esportivos. (foto: Divulgação)

Comentários