31/10/2013 14h33 – Atualizado em 31/10/2013 14h33

Foi uma apresentação da tropa e viaturas do Comando Militar do Oeste , presentes em Três Lagoas na Operação Urubupungá

Da Redação

A prefeita Marcia Moura prestigiou o Desfile Militar do Exército Brasileiro, no final da tarde desta quarta-feira (30), no palanque de autoridades da Praça Senador Ramez Tebet, no Centro.

Foi um Desfile Militar das tropas e viaturas do Comando Militar do Oeste (CMO), presentes em Três Lagoas, desde segunda-feira (28) para a denominada “Operação Urubupungá” do Exército Brasileiro.

A Operação Urubupungá contou com a participação de tropas e viaturas de diversas Unidades Militares de Mato Grosso do Sul, sediadas em Três Lagoas, Coxim, Amambai, Bela Vista e Campo Grande.

A operação recebeu essa denominação por se tratar de treinamento militar, de estratégias de proteção e defesa do complexo das usinas hidrelétricas de Jupiá, Três Irmãos e Ilha Solteira.

“Foi uma manifestação pública de carinho e apreço à população e à prefeita de Três Lagoas, Marcia Moura, pela acolhida durante as atividades realizadas nesta Cidade”, manifestou o Comandante Militar do Oeste, General de Exército, João Francisco Ferreira.

Junto à prefeita de Três Lagoas e do vice-prefeito Luiz Akira, estavam também as seguintes autoridades do Exército Brasileiro: General de Brigada e Chefe do Estado Maior do CMO, Samuel da Silva Ricordi; General de Brigada e Chefe do Centro de Operações do CMO, Elias Rodrigues Martins Filho; comandante da 2ª Companhia de Infantaria, major Guilherme Naves Pinheiro; e o oficial reformado do Exército, tenente coronel João da Costa Moura, pai da prefeita e ex-comandante do Quartel do Exército de Três Lagoas.

Estiveram também assistindo ao Desfile Militar: secretários Mario Grespan Neto (Educação), Walter Garcia Júnior (Infraestrutura, Transporte e Habitação), Silvânia Bersani (Gabinete), Maria Lúcia Firmino (Assistência Social) e Janaina Ávila Lunardi (Administração); presidente da Câmara Municipal, vereador Jorge Aparecido Queiroz, acompanhado dos vereadores Marcus Bazé, Adão da Apae e Apóstolo Ivanildo; Major Élcio de Almeida, subcomandante do 2º Batalhão da Polícia Militar; comandante da PMR, major James Magno; comandante do 5º Grupamento de Bombeiros, major Leandro Mota de Arruda; e o Delegado Regional de Polícia Civil, Vitor José Fernandes Lopes.

DESFILE MILITAR

Coube à Banda Marcial Cristo Redentor, regida pelo maestro Luiz Carlos Relíquias, a execução do Hino Nacional Brasileiro, assim como a execução de várias músicas durante todo o Desfile Militar, entre elas a Canção do Exército, Canção da Infantaria e a Marcha de Guerra Brasil.

O alto nível da apresentação da Banda Marcial Cristo Redentor foi alvo de comentários de elogio pessoal do General Ricordi, chefe do Estado Maior do CMO. Ele fez questão de, ao deixar o palanque das autoridades, cumprimentar pessoalmente o maestro Relíquias.

O Desfile foi aberto pelo Comando e Estado Maior do 47º Batalhão de Infantaria , sediado em Coxim e comandado pelo tenente coronel Marco Antônio Guimarães Innecco.

Na sequência, desfilou um contingente da 2ª Companhia de Infantaria, comandado pelo capitão Adriano Pelúcio. Sediada em Três Lagoas a 2ª Cia de Infantaria é comandada pelo Major Naves.

Logo em seguida, desfilou a 1ª Companhia de Fuzileiros do 47º Batalhão de Infantaria, sediado em Coxim e comandado pelo capitão Gall Pires.

O Desfile contou também com a presença do 1º Esquadrão de Fuzileiros Motorizado do 17º Regimento de Cavalaria Mecanizada, sediado em Amambai, comandado pelo capitão Machado.

Ganhou destaque no Desfile o Pelotão de Polícia do Exército da 14ª Companhia de Polícia do Exército, sediada em Campo Grande, comandado pelo tenente Do Carmo.

E, encerrando o Desfile Militar, perfilou em frente ao palanque das autoridades “uma coluna de marcha”, composta por 30 viaturas militares, empregadas na Operação Urubupungá. O comando da coluna de viaturas foi do major Dennis Ramos Cardoso.

(*)Com informações de Assecom prefeitura de Três Lagoas

Foi um Desfile Militar das tropas e viaturas do Comando Militar do Oeste (CMO)(Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários