23/10/2019 10h24

O prefeito conheceu a tecnologia e processamento dos vários produtos derivados da mandioca; produção pode beneficiar os pequenos, médios e até os grandes proprietários rurais. Durante a visita, Guerreiro conversou com um empresário da cidade de Toledo, no Paraná que já manifestou interesse em conhecer Três Lagoas

Gisele Berto

Com o objetivo de diversificar as ações dos pequenos produtores de Três Lagoas, o Prefeito Angelo Guerreiro esteve em Ivinhema nesta terça-feira (22) conhecendo as fecularias e produtoras de farinha de mandioca.

Acompanhado do Coordenador de Agronegócio, Célio Lopes de Barros, e do engenheiro agrônomo Manoel Latta da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócios (SEMEA) de Três Lagoas, Guerreiro foi recebido na Cidade pelo prefeito Municipal de Ivinhema, Eder França Lima, o Tuta, e visitaram indústrias e lavouras.

Os produtos derivados da mandioca são ricos em carboidratos e a produção expandiu muito na região sudoeste do Estado. A região de Ivinhema tem uma área plantada superior a 15 mil hectares. Em todo o Estado, estima-se que a produção já ocupa cerca de 30 mil hectares. Os derivados da mandioca são usados, além da farinha e polvilho, para base de tapioca, base para tinta, medicamentos, papel, têxteis, além de gerar emprego e renda.

Angelo Guerreiro foi conhecer as indústrias e promover atrativos para a instalação de uma farinheira em Três Lagoas.

O prefeito conheceu a tecnologia e processamento dos vários produtos derivados da mandioca. A produção pode beneficiar os pequenos, médios e até os grandes proprietários rurais.

Durante a visita, Guerreiro conversou com um empresário da cidade de Toledo, no Paraná que já manifestou interesse em conhecer Três Lagoas.

Nos próximos dias estará na cidade para fazer um estudo técnico e econômico, visitar os produtores, incluindo os assentamentos e conhecendo a região para futura instalação de uma indústria de fécula de mandioca.

Guerreiro esteve na Fecularia Pantanal onde conversou com o proprietário, Ancelmo Kuhnen. Junto com a equipe da Secretaria de Meio Ambiente visitou a Farinheira Gloria quando o proprietário, Leandro Fiordelice explicou sobre o funcionamento da Indústria, e foram também na Fecularia Ramos onde encontraram o empresário João Ramos.

Acompanhou os visitantes, o presidente da Associação dos Produtores de Mandioca de Ivinhema, Osvaldo Cardonha.

Guerreiro esteve também em algumas propriedades produtoras de mandioca para ver de perto o manejo e a fórmula usada no plantio e colheita.

Guerreiro visita indústria de beneficiamento de mandioca em Ivinhema. Foto: Divulgação

Comentários