26/11/2018 07h04

Prefeito e sete vereadores de Ladário são presos em operação que investiga “mensalinho”

Secretário de Educação também foi detido na força-tarefa deflagrada nesta segunda-feira pelo Gaeco

Redação

O prefeito Carlos Anibal Ruso Pedrozo (PSDB), o secretário municipal de educação, Helder Naulle Paes, e sete vereadores de Ladário, cidade pantaneira de MS, foram presos preventivamente na manhã desta segunda, 26, em uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), que investiga esquema conhecido como “mensalinho”.

Segundo informações do Campo Grande News os políticos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil, onde estão sendo realizados os procedimentos.

De acordo com o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), as investigações têm por objetivo esclarecer uma suposta prática dos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva no Legislativo e no Executivo da cidade. Dos 11 vereadores da câmara, sete foram presos.

Os mandados de prisão, suspensão do exercício de mandatos e de cargo público no município foram determinados pelo Desembargador Emerson Cafure, da Seção Especial Criminal do Tribunal de Justiça.

Operação do Gaeco prendeu prefeito e vereadores de Ladário por mensalinho. Foto: Divulgação/Gaeco

Comentários