30/04/2019 14h52

Primeira ponte pode ser construída sobre o córrego Água Tirada

Redação

A Prefeitura de Três Lagoas iniciou estudos para a construção de pontes de concreto na zona rural. Segundo a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito (SEINTRA), o município já construiu ou reformou totalmente cerca de 10 pontes de madeira. Para manter a trafegabilidade a manutenção das pontes tem que ser constante.

No uso normal uma ponte de madeira nova pode suportar o peso dos veículos e manter-se intacta por 10 a 15 anos. Em condições rígidas com veículos muito pesados, principalmente com o trânsito de treminhões de madeira, a durabilidade cai para menos da metade do tempo. Por esse motivo, o prefeito Angelo Guerreiro solicitou estudos e pretende começar a substituição gradativa das pontes que precisarem de reconstrução ou reforma geral em locais de grande fluxo.

No último domingo, 28, foi realizada uma reunião no Rancho do Moacir Figueiredo, Presidente da Associação dos Proprietários de Ranchos da Região da Água Tirada, com os secretários da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA), Toniel Fernandes, e da SEINTRA, Adriano Barreto, e integrantes da Associação, coordenada pelo Moacir e pela professora Ivana. Os gestores ouviram as reivindicações dos proprietários de ranchos em uma região muito procurada por turistas.

Devido à necessidade urgente da região, a Secretaria de Infraestrutura começa os estudos sobre a viabilidade da construção de uma ponte de concreto sobre o córrego Água Tirada e o Município vai fazer o mapeamento dos imóveis daquela localidade rural, definindo a área e a posição geográfica de cada propriedade. O documento, conhecido como georreferenciamento, vai ser usado para a regularização dos imóveis rurais.

Além disso, a Prefeitura, que já fez a recuperação com alargamento das pistas das estradas da região no ano passado, vai continuar as manutenções necessárias para implementar o turismo que é forte naquela região de ranchos.

O prefeito e os secretários foram à área rural neste domingo para discutir a instalação da ponte de concreto. Foto: Divulgação

Comentários