Testes foram realizados entre sexta-feira e sábado e encontraram 54 casos ativos; cidade já totaliza 526 infectados pelo coronavírus

A Prefeitura de Bataguassu confirmou, em balanço divulgado nesta segunda-feira, 20, o contágio por coronavírus de 94 trabalhadores de um frigorífico local.

A Prefeitura realizou testagem em massa em 1.067 trabalhadores; dos exames realizados, 94 casos deram positivos. Desses, 54 pacientes apresentaram IGM ativo, ou seja, estão com o vírus ativo no organismo e já foram colocados em isolamento domiciliar juntamente com seus contatos diretos. Outros 40 casos apresentaram IGG, ou seja, tiveram contato com o vírus, mas já estão recuperados/curados.

Conforme o boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira, 20, Bataguassu registra o total de 526 casos confirmados de Covid-19, com 329 pacientes recuperados. São 192 casos ativos (positivos) em tratamento domiciliar; quatro pessoas internadas em leitos clínicos; e um paciente internado em leito de UTI no município, chegando ao total de cinco internações. Outras 358 pessoas permanecem em monitoramento domiciliar.

Segundo o prefeito Pedro Arlei Caravina, os casos da Covid-19 em Bataguassu têm aumentado porque o município iniciou um processo de testagem em massa da população.

“Bataguassu está testando sua população conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS), por isso isso temos tido muitos casos descobertos. Conforme a OMS, você só consegue ter efetividade no tratamento da Covid-19 quando você testa e tem a informação antes. Estamos testando, isolando e tratando os pacientes o mais rápido possível”, considera o gestor, que é presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul). 

Cb image default
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu

Medidas

Desde o mês de março, o município de Bataguassu vem adotando medidas em enfrentamento a Covid-19.

Já foram editados 17 Decretos Municipais com normativas restritivas e divulgados mais de 100 boletins epidemiológicos diários.

No último Decreto Municipal [nº 177/2020], ficou vedado o funcionamento do comércio aos sábados e domingos até o dia 31 de julho. O documento está disponível para consulta no site da Prefeitura, através do Portal da Transparência.

Outras restrições como a suspensão das aulas presenciais na rede municipal de ensino, toque de recolher e a obrigatoriedade do uso de máscara permanecem em vigor.

Comentários