24/10/2019 14h06

Além de melhorias na estrutura física, foram também adquiridas novas armadilhas de captação de insetos, baterias e um moderno microscópio, acoplado a um monitor.

Gisele Berto

A Prefeitura de Três Lagoas entregou hoje, 24, a revitalização do prédio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e do Setor de Entomologia.

A solenidade, com a presença do prefeito Angelo Guerreiro, vice-prefeito Paulo Salomão e secretária de Saúde, Angelina Zuque, ocorreu na manhã de hoje na sede do CCZ, Rua Egídio Thomé, 5562, no Distrito Industrial.

A revitalização desses setores da Vigilância em Saúde e Saneamento da SMS de Três Lagoas consistiu na revitalização e adequação dos prédios, adequação de um setor que antes estava instalado em apenas uma sala e passa a funcionar em quatro salas, pintura, restauração e construção de calçadas.

Além destas obras, foram também adquiridas novas armadilhas de captação de insetos (vetores de doenças), baterias e um moderno microscópio, acoplado a um monitor (televisor) para visualização dos insetos que estão sendo analisados.

Como ressaltou Angelina Zuque, o microscópio “é um dos mais modernos e avançados de todo o estado de Mato Grosso do Sul, que muito irá contribuir para o monitoramento e identificação dos vetores”.

Por sua vez, o coordenador de Vigilância em Saúde, Francisco Joaquim da Silva, “Seu Chiquinho”, destacou que este setor da Saúde, “esquecido por muitos prefeitos, teve uma completa transformação para melhor atender à população, graças ao prefeito Angelo Guerreiro, que sempre nos tem apoiado e atendendo às reivindicações dos servidores que aqui trabalham”, disse.

“Temos que olhar com carinho para todos os setores, porque aqui é um local de grande valor, não só para a saúde dos animais, mas para a saúde e qualidade de vida de toda a população, prevenindo doenças como a raiva e a leishmaniose “, disse o prefeito.

Na solenidade, estavam também: secretário de Meio Ambiente e Agronegócios (SEMEA), Toniel Fernandes, e os vereadores Celso Yamaguti e Wagner Silverado.

Novo microscópio adquirido pelo CCZ ajudará na identificação dos vetores de doenças. Foto: Divulgação

Comentários