“Nos preocupamos muito com os condomínios Novo Oeste e Orestinho, porque se tivermos um único caso isso pode ser alastrado rapidamente”, afirmou o coordenador da Unidade de Saúde.

O coordenador da Unidade de Saúde Pastor Marcos Rogério, Fernando Garcia e o coordenador da Vigilância Sanitária, Christovam Tabox Bazan, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), realizaram ontem, 14, uma reunião com síndicos dos prédios no Novo Oeste para falar sobre prevenções contra o contágio do coronavírus.

Durante a reunião foram informadas todas as medidas de prevenção que devem ser tomadas por cada morador do local, como o uso de máscaras, higienização das mãos e a não aglomeração.

“Nos preocupamos muito com os condomínios Novo Oeste e Orestinho, porque se tivermos um único caso isso pode ser alastrado rapidamente”, afirmou o coordenador da Unidade de Saúde.

Outra informação repassada foi sobre como agir em caso de suspeita. “Passamos os contatos para informações sobre o COVID-19 e também para o agendamento do Drive Thru caso alguém tenha sintomas, também estamos disponíveis para acompanhar casos suspeitos e fazer todo o monitoramento”, completou Fernando.

Christovam Bazam ressaltou sobre o crime em disseminar a doença. “Existe lei que torna crime a disseminação de doenças contagiosas e estamos pautados nela. Pode haver a pena de reclusão e multa caso uma pessoa infectada coloque a vida de outros em perigo”.

A Prefeitura está adotando outras medidas de conscientização para o bairro como a divulgação de um vídeo de orientação e carro de som, para que as pessoas se atentem ao risco da contaminação no local.

Comentários