André Bittencourt conversou com o jornalista Ricardo Ojeda sobre as razões da CPI do Hospital não ir para frente; Presidente da Câmara também falou sobre os trabalhos da Casa de Leis na pandemia

O Presidente da Câmara de Três Lagoas, André Bittencourt, explicou ao jornalista Ricardo Ojeda a razão do arquivamento da CPI que investigaria supostas irregularidades no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

De acordo com Bittencourt, o requerimento de CPI tinha erros de construção e poderia ser derrubado por qualquer Mandado de Segurança.

“O requerimento era irregular. A formalidade da montagem da CPI estava errada. Precisa de um fato determinado para a instauração de uma CPI”, disse. Segundo Bittencourt, isso não significa o sepultamento da CPI.

Os erros foram indicados ao vereador Davis Martinelli, relator da proposta. Corrigidos os erros, ele poderá reapresentar o trabalho para ser apreciada pelos parlamentares.

Confira abaixo a entrevista completa, em vídeo:

Gepostet von Ricardo Ojeda am Dienstag, 12. Mai 2020
Comentários