15/04/2015 09h18 – Atualizado em 15/04/2015 09h18

Presidente do Sintiespav é homenageado pela Câmara de Três Lagoas

O sindicalista Nivaldo da Silva Moreira recebeu uma moção de congratulação outorgado pelo vereador Gil do Jupiá na noite de terça-feira, pela atuação do sindicato, na defesa dos trabalhadores

Ricardo Ojeda

O vereador Gil do Jupiá (PSB) entregou durante a sessão de terça-feira (14), uma homenagem ao presidente do Sintiespav (Sindicato dos trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil Pesada do Bolsão Sul-mato-grossense), Nivaldo da Silva Moreira, em reconhecimento ao trabalho realizado no final do ano passado, quando mais de 3,5 mil trabalhadores foram desligados sumariamente do canteiro de obras onde está sendo construída a Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados da Petrobras (FAFEN). O empreendimento estava sendo construído pelo consorcio UFN3, através das empresas Galvão e Sinopec Petroleum, que paralisaram a obra promovendo a demissão em massa.

Devido a esse procedimento, trabalhadores de várias regiões do país, como também de Três Lagoas, ficaram sem receber salários e verbas rescisórias, provocando um “caos” social na cidade, ocorrendo protesto em frente do prédio da justiça trabalhista e bloqueio das rodovias que cortam o município promovidos pelos operários.

BLOQUEIO DE DINHEIRO

Atenta e diretamente interessada na solução do conflito, a diretoria do SINTIESPAV (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil Pesada do Bolsão Sul-mato-grossense) trabalhava dia a noite para resolver a complicada situação.

Após sucessivas reuniões com a diretoria do Consórcio UFN3, sem sucesso, não houve outra alternativa a não ser buscar guarita na Justiça Trabalhista, onde em tempo recorde, a Assessoria Jurídica do Sindicato conseguiu elaborar uma planilha com a listagem completa dos trabalhadores desligados e daqueles que ainda permaneciam nos quadros do Consórcio.

Foram dias e noites de pesquisas que elencou os valores de acertos e multas que cada trabalhador tinha de direito. Esse trabalho demandou em uma ação judicial em valores jamais vistos na história de Três Lagoas, resultando um montante acima de R$ 50 milhões, que foram bloqueados pela Justiça Trabalhista da comarca de Três Lagoas, nas contas da Petrobras e das empresas que compunham o Consórcio.

Com essa ação firme e decisiva, a diretoria do SINTIESPAV, conseguiu encerrar definitivamente as ondas de protestos e manifestação que inclusive ocorreram na frente da sede da Justiça Trabalhista e em pouco menos de uma semana os trabalhadores conseguiram receber seus direitos, retornando aos seus estados de origem.

De acordo com o vereador Gil do Jupiá, se não fosse a decisiva atuação do sindicato, com certeza não teríamos um final de ano tranquilo na cidade. “Imaginem homens, sem receber, abandonados e distantes de seus familiares durante festejos de final de ano”, reiterou. Por sua vez, o homenageado da noite agradeceu a Moção e fez questão de ressaltar o apoio dos funcionários e toda diretoria do Sintiespav, bem como a Assessoria Jurídica. “Se não fossem eles jamais conseguiríamos ter sucesso na empreitada”, finalizou Nivaldo Moreira.

O homenageado da noite, Nivaldo da Silva Moreira, com o vereador Gil do Jupiá e integrantes da diretoria do Sindicato (Foto: JJ Cajú)

Nivaldo da Silva Moreira, agradeceu ao vereador Gil do Jupiá pela homenagem e fez questão de dividi-la com os demais integrantes da diretoria (Foto: JJ Cajú)

Momento que o vereador Gil do Jupiá entrega a homenagem ao sindicalista, Nivaldo da Silva Moreira (Foto: JJ Cajú)

Comentários