02/10/2013 11h14 – Atualizado em 02/10/2013 11h14

Suposto assassino de bebê de cinco meses foi espancado por colegas de cela em MS

Ele foi socorrido e levado para o Hospital da Vida, onde recebeu o devido atendimento e foi liberado horas depois

Da Redação

Detido desde a manhã de segunda-feira (30), o cuidador de carros José Fernandes Freitas, 36 anos, foi espancado por 11 companheiros de cela, no 1º Distrito Policial de Dourados. Ele é suspeito de ter torturado um bebê de cinco meses, que não resistiu aos ferimentos e morreu na tarde ontem no Hospital Universitário.

O delegado responsável pelo caso, Adilson Stiguivitis, disse à redação da 94FM que os policiais ouviram diversos gritos vindos da cela e correram para o local, mas quando chegaram, Freitas já havia sido agredido e estava com vários hematomas por todo o corpo, porém, permanecia consciente. Ele foi socorrido e levado para o Hospital da Vida, onde recebeu o devido atendimento e foi liberado horas depois.

Por questão de segurança, Freitas foi transferido para o setor de segurança da Phac (Penitenciária Harry Amorim Costa). Segundo o delegado, um Boletim de Ocorrência foi registrado, contudo, a vítima [Freitas] não quis assinar o B.O., alegando que não representaria contra os colegas de cela.

(*) Com informações de Portal Água Clara

Por questão de segurança, Freitas foi transferido para o setor de segurança da Phac (Penitenciária Harry Amorim Costa) (Foto: Portal Água Clara)

Comentários