18/11/2006 10h40 – Atualizado em 18/11/2006 10h40

RMT Online

O Ministério da Previdência publica nesta sexta-feira (17) mais uma lista de suspensão de benefícios dos aposentados que não se recadastraram no Censo Previdenciário. Este é o oitavo edital de suspensão e conterá os nomes de 102.748 mil aposentados e pensionistas, com final de benefício 4. Eles foram convocados para fazer o Censo Previdenciário em julho de 2006 e, desde março, toda vez que sacam o pagamento estão sendo informados da necessidade de atualizar os dados cadastrais. Os segurados só receberão o pagamento de novembro, depositado nos cinco primeiros dias úteis de dezembro, depois que fizerem o Censo em uma agência do banco pagador do benefício. Os beneficiários deixarão de receber, também, a segunda parcela do 13º salário, que é depositada junto com o pagamento. O edital com os nomes estará disponível na página do Ministério da Previdência Social na internet. O pagamento será apenas bloqueado, sem qualquer prejuízo para os beneficiários que deixaram de fazer o Censo por falta de informação. Para o benefício ser reativado, basta atualizar os dados cadastrais, na própria agência bancária em que o beneficiário for sacar o pagamento. O Censo Previdenciário começou em outubro de 2005. Para a primeira etapa, foram selecionados 2,4 milhões de benefícios, considerados pelo INSS como mais vulneráveis a eventuais fraudes, por conterem informações incompletas. Para a segunda etapa foram chamados 14,7 milhões de beneficiários.

Comentários