16/10/2015 12h00 – Atualizado em 16/10/2015 12h00

A droga totalizou 15 kg e iria para o Rio de Janeiro. Um pintor fazia o transporte do entorpecente

Patrícia Miranda com informações

Em Três Lagoas, no km 21 da BR-262, às 20h30 de ontem (15), foi abordado um micro-ônibus que faz a linha Campo Grande – Três Lagoas. Em entrevista aos passageiros, a equipe percebeu que o passageiro, o pintor G. A. J., de 22 anos, informou origem, destino e motivo da viagem duvidosos bem como apresentou comportamento suspeito, o que chamou à atenção dos agentes.

Os policiais rodoviários federais vistoriaram suas bagagens e localizaram 16 tabletes de maconha, que pesaram 15 kg.

O passageiro declarou que foi contratado por um indivíduo desconhecido para fazer o transporte de Campo Grande/MS para o Rio de Janeiro/RJ e que receberia R$2 mil pelo serviço e que entregaria para outra pessoa de nome desconhecido.

A ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Três Lagoas. O passageiro foi preso em flagrante por tráfico de drogas, crime inafiançável e equiparado a hediondo, cuja pena prevista é de reclusão de 5 a 15 anos.

Ele foi conduzido ileso e com o uso de algemas para o Distrito Policial de Três Lagoas/MS. A maconha apreendida foi avaliada em R$18 mil no Rio de Janeiro/RJ.

(*) PRF/MS

A droga foi encontrada na bagagem do passageiro durante as vistorias da PRF. (Foto: Assessoria)

O rapaz de 22 anos foi encaminhado para o Distrito Policial de Três Lagoas. (Foto: Assessoria)

A droga tinha como destino a capital Carioca do Rio de Janeiro, onde seria comercializada. (Foto: Assessoria)

Comentários