09/08/2017 08h46

Os agentes chegaram até o entorpecente após interceptar dois veículos conduzidos por batedores. A droga estava escondida no interior de um outro automóvel abandonado dentro da cidade

Flávio Veras

Dois homens foram presos por associação e tráfico de drogas após serem flagrados fazendo o serviço de batedores, na manhã de ontem (8), em Água Clara. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), eles faziam a escolta de um veículo que foi abandonado carregado com 455 kg de maconha.

Ainda segundo a corporação, um dos suspeitos foi abordado em frente à unidade da PRF, na BR 262. Ao ser abordado, o mecânico de 52 anos, apresentou respostas contraditórias, o que acabou gerando a desconfiança dos policiais de que ele poderia ser batedor de algum produto ilícito.

Devido ao fato, os PRFs, com o apoio da Polícia Militar do município, fizeram buscas na região. Durante ação, outro veículo conduzido por um motorista de 22 anos que estava em atitude suspeita. Ao ser questionado pelos policiais o motivo da viagem, também acabou entrando em contradição, levando os policiais a constatarem que ele também servia como escolta.

Com base nessas abordagens, os agentes fizeram buscas na região e acabaram achando um veículo carregado com maconha abandonado dentro do município. Além disso, o carro possuía placas de Três Lagoas, porém sua origem é de Santo André e contra ele existia uma restrição judicial.

Com base nos flagrantes, os dois condutores foram presos por tráfico de drogas, associação ao tráfico e adulteração de sinal de identificação de veículo automotor. Os acusados, juntamente com os veículos e a droga, foram encaminhados a delegacia da Polícia Civil, em Água Clara.

Veículo carregado com 455 kg de maconha foi abandonado pelos traficantes, em Água Clara (PRF / Divulgação)

Comentários