Filho da rainha Elizabeth II apresenta sintomas brandos da doença

O GLOBO — O príncipe Charles, do Reino Unido, testou positivo para o novo coronavírus, segundo a imprensa britânica. De acordo com a BBC, ele apresenta sintomas “brandos” da doença. O príncipe de 71 anos está isolado na casa da família real em Balmoral, na Escócia, de onde vem trabalhando nos últimos dias.

Segundo o escritório do filho mais velho da rainha Elizabeth II, “ele tem sintomas “brandos da doença, mas apesar disso tem um bom estado de saúde”. Sua mulher, Camilla, a duquesa da Cornuália, também foi testada, mas seu exame para o vírus deu negativo. Ambos estão autoisolados.

Uma fonte real disse que o príncipe de Gales foi testado na segunda-feira e obteve os resultados na terça-feira. Charles falou com a rainha Elizabeth e seus filhos.

Segundo representantes do príncipe, não é possível pontuar onde ele foi contaminado, devido ao grande número de atividades públicas das quais participou nos últimos dias.

Seu último contato com a rainha Elizabeth foi em 12 de março, período anterior à possível contaminação. A monarca de 93 anos está isolada da família, no Castelo de Windsor, que tem menos funcionários e está mais distante do centro de Londres.

“A rainha viu pela última vez o príncipe de Gales brevemente após a investidura na manhã de 12 de março e está seguindo todos os conselhos adequados em relação ao seu bem-estar”, explica comunicado do Palácio de Buckingham.

Comentários