01/09/2014 11h41 – Atualizado em 01/09/2014 11h41

Minutos após decolar do aeroporto do Bacacheri, a aeronave caiu sobre duas casas, atingindo também um carro, um poste, algumas árvores e a fiação elétrica; um três-lagoense morreu

Léo Lima com sites

Técnicos do Centro de Investigações e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) já estão em Curitiba para investigar as causas do acidente com o monomotor Cessna 177, que caiu no sábado (30) à tarde, no bairro Bacacheri, deixando três pessoas mortas e uma gravemente ferida. Na aeronave foi encontrada uma bolsa contendo grande volume de dinheiro.

Informações preliminares apontavam que as principais suspeitas eram de falha no motor ou mesmo falha humana. No entanto, para o investigador encarregado, Major Mikelin, ainda é cedo para apontar os motivos e as investigações não tem prazo para serem finalizadas.

Minutos após decolar do aeroporto do Bacacheri, a aeronave caiu sobre duas casas, atingindo também um carro, um poste, algumas árvores e a fiação elétrica na esquina das ruas Álvaro Botelho e Nicarágua. O acidente foi registrado a cerca de 300 metros da cabeceira da pista do aeroporto. Segundo o Major Mikelin, o momento da decolagem é crítico e mais suscetível a acidentes.

Em entrevista à BandNews, o proprietário do avião, Marcelo Montezuma, afirmou que a aeronave estava em plenas condições de voo e havia passado por revisões há cerca de 20 dias. Os agentes do Cenipa devem consultar agora a veracidade das informações.

O piloto Cleber Luciano Gomes e um passageiro Silvio Roberto Romanelli morreram na hora. Silvio era sobrinho do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli.

Veja abaixo vídeo sobre o acidente aéreo:


Momentos após cair em cima de uma casa, o avião explodiu; no detalhe, uma bolsa contendo dinheiro (queimado) foi encontrada no local (Foto: Band News)

A aeronave ficou totalmente destruída na queda e consequente explosão (Foto: Band News)

Pessoal do resgate e vizinhos do local onde o avião caiu trabalham para socorrer vítimas e controlar o fogo (Foto: Band News)


Comentários