24/06/2015 16h58 – Atualizado em 24/06/2015 16h58

Em 140 dias que esteve peregrinando pela diocese, estima-se que mais de 75 mil pessoas tenham tido contato com a imagem por meio de missas, procissões, carreatas, grupos de orações, vigílias, entre outras ações.

Assessoria

Após passar por 10 cidades a Imagem Peregrina de Nossa Senhora Aparecida se despede da Diocese de Três Lagoas. No próximo domingo (28/6), às 18h30 será realizada procissão com missa na Catedral Sagrado Coração de Jesus em ação de graças ao período em que a imagem, réplica da original, percorreu o território diocesano.

Em 140 dias que esteve peregrinando pela diocese, estima-se que mais de 75 mil pessoas tenham tido contato com a imagem por meio de missas, procissões, carreatas, grupos de orações, vigílias, entre outras ações.

Por onde passou, Padres e religiosos conduziram a imagem peregrina em visitas aos enfermos, famílias, hospitais, repartições públicas, órgãos de segurança, escolas e pontos comerciais.

Dentre os vários locais visitados, o Padre Clemilson Bernardes, pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, destaca a emoção das crianças ao receberem a imagem da Santa na escola. “Foi algo muito bonito ver a reação das crianças recebendo de forma carinhosa a Imagem Peregrina que nos lembra a mãe de Jesus. Elas fizeram orações e todas estavam na mesma sintonia, mostrando muita fé e amor a Nossa Senhora. Posso dizer que essa expressão de carinho pela mãe de Cristo, se repetiu em todas as escolas em que visitamos”, diz o Padre.

A peregrinação percorreu vários bairros e respeitou a fé de cada pessoa. “Cada lugar nos recebeu de uma forma por onde passamos, porém, atingimos o nosso objetivo e pudemos anunciar a palavra de Deus a todos que desejavam ouvir uma mensagem de paz, amor, fé e caridade”, explica Padre Clemilson.

Para a funcionária pública, Jane Márcia, moradora do distrito de Arapuá, receber a visita da imagem na comunidade foi muito emocionante. “Tive a oportunidade de participar da Missa e também de recebê-la na minha casa junto da minha família. Foi um momento de grande emoção e fé que fortaleceu a esperança e a união da nossa comunidade. Espero que Nossa Senhora Aparecida possa tocar no coração de cada um e despertar o amor ao próximo”.

Procissão e Missa

Dom Luiz Gonçalves Knupp, Bispo da Diocese de Três Lagoas, convida a todos para que participem da última homenagem a imagem Peregrina “Meu irmão, minha irmã venham rezar conosco em ação de graças por este grande momento de fé despertado pela visita da imagem de Nossa Senhora Aparecida que peregrinou por toda a nossa Diocese”.

A concentração dos fiéis será às 18h em frente à Igreja Santo Antônio, localizada no centro de Três Lagoas, de onde sairá, às 18h30, a procissão em direção a Catedral Sagrado Coração de Jesus.

Às 19h, Dom Luiz presidirá a Santa Missa, que contará com grande participação do clero da Diocese.

Na manhã do dia 29/6 uma carreata sairá em direção ao Santuário Nacional de Aparecida (SP) para a entrega da Imagem Peregrina, que será recebida no dia 30/6 às 8h com uma Missa. A celebração será transmitida ao vivo pela TV Aparecida.

Histórico

A imagem foi entregue ao então administrador da diocese, Padre Altair Ferreira, no dia 8 de fevereiro durante uma Missa no Santuário Nacional. Desde essa data ela tem visitado as 15 paróquias da Diocese de Três Lagoas.

A primeira cidade a receber a imagem foi Chapadão do Sul, seguida por Cassilândia, Paranaíba, Aparecida do Taboado, Selvíria, Inocência, Água Clara Santa Rita do Pardo, Brasilândia e Três Lagoas.

Sobre a Diocese de Três Lagoas

A Diocese de Três Lagoas (Dioecesis Trilacunensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica com sede episcopal em Três Lagoas (MS). Foi criada pelo Papa Paulo VI em 3 de janeiro de 1978.

Abrange um total de 10 cidades (Três Lagoas, Selvíria, Paranaíba, Aparecida do Taboado, Água Clara, Brasilândia, Chapadão do Sul, Santa Rita do Pardo, Inocência e Cassilândia), e contempla 15 Paróquias com mais de 70 capelas.

(*) Pastoral da Comunicação da Diocese de Três Lagoas – Pascom

Por onde passou, Padres e religiosos conduziram a imagem peregrina em visitas aos enfermos, famílias, hospitais, repartições públicas, órgãos de segurança, escolas e pontos comerciais. (Foto: Assessoria)

A peregrinação percorreu vários bairros e respeitou a fé de cada pessoa.  (Foto: Assessoria)

Comentários