20/05/2015 11h37 – Atualizado em 20/05/2015 11h37

Após anúncio de ampliação das fábricas de celulose em Três Lagoas, procura por vagas de trabalho intensifica atingindo uma média de 500 atendimentos diários de candidatos da cidade e de outros municípios da região

Ricardo Ojeda e Fábio Jorge

Logo após a matéria com anúncio publicado no Perfil News que o SINTIESPAV (Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Pesada), estaria recebendo currículos para preenchimento de vagas de uma empresa de terraplanagem, a procura pela vaga intensificou a uma média aproximada de 500 pessoas, disse ao Perfil News, o sindicalista Nivaldo da Silva Moreira, presidente da entidade sindical.

De acordo com Moreira, desde sexta-feira passada oito funcionários da entidade foram escalados para recepcionar as pessoas que ficam na expectativa para preencher a vaga.

ATENDIMENTO COLETIVO

Devido a procura ser em uma escala de grandes proporções, o atendimento é feito coletivamente, entrando 15 pessoas por vez, demorando cerca de aproximadamente 20 minutos.

Além disso, após o anúncio de ampliação das fábricas Eldorado Brasil e Fibria, a esperança de se encaixar no mercado de trabalho levou muitos desempregados a atualizarem seus cadastros nas agências de empregos e também se filiarem-se aos sindicatos. Essas pessoas são de Três Lagoas e de outras cidades da região, incluindo também dos municípios paulista, como Andradina, Ilha Solteira, Castilho que vem à Três Lagoas em busca de oportunidade de trabalho, frisou Nivaldo Moreira.

EXPECTATIVA

Na manhã desta quarta-feira (20), não foi diferente. Homens e mulheres compareceram ao escritório do Sindicato para entregarem os currículos e filiarem-se ao órgão, na expectativa de conquistarem a vaga de emprego.

O jovem Richard Fernandes de Souza Cardoso (21) esperou cerca de 15 minutos para ser atendido. Ex-funcionário do Consórcio UFN3, Richard recebeu a última parcela do seguro-desemprego e está procurando trabalho como caldeireiro industrial, profissão a qual tem experiência. “Ainda não tem vaga disponível na minha área, mas estou otimista porque o Sindicato disse que entrará em contato assim que surgir”, disse Richard.

As vagas de operador de máquinas pesadas que foram divulgadas pelo Perfil News atraíram o interesse do desempregado Admilson Azevedo Brasil, 38 anos. Sem trabalho há um ano, por questões de saúde, o candidato recebeu a última parcela do auxílio-doença mês passado e já procura uma oportunidade. “Quando fiquei sabendo da abertura das vagas, resolvi entregar meu currículo. Tenho experiência, sou filiado ao sindicato e estou ansioso para voltar a trabalhar”, explicou o operador de máquinas.

Com a aproximação do prazo para o início das obras, profissionais de diversas áreas da construção também enfrentaram a fila para cadastrar seus dados. Carpinteiros, pedreiros, armadores, soldadores, entre outros foram atendidos na unidade sindical.

CADASTRO ON LINE

Para pessoas de outras localidades, que não pode vir para Três Lagoas o sindicato disponibiliza uma página na internet onde é possível postar o currículo. Para isso é só acessar o endereço:clique no link e cadastrar.

Após a aprovação do documento as informações ficarão no banco de dados do órgão e havendo futuras ofertas, os candidatos serão convocados de acordo com as exigências.

De acordo com a direção do sindicato, existem expectativas de novas contratações para os próximos dias e, quanto antes o interessado filiar-se, maior a chance de conquistar o emprego. O cadastro pode ser feito no escritório do SINTIESPAV, localizado à Rua Elmano Soares, 2320, bairro Santo André.

Após o anúncio de ampliação das fábricas Eldorado Brasil e Fibria levou muitos desempregos a terem a esperança de se encaixar no mercado de trabalho, como mostra a fila registrada na manhã de terça-feira em frente da sede do SINTIESPAV  (Foto: Ricardo Ojeda)

O líder sindical Nivaldo Moreira disse ao Perfil News que desde sexta-feira passada oito funcionários da entidade foram escalados para recepcionar as pessoas que buscam consegui uma vaga de trabalho (Foto: Perfil News)

O candidato a uma vaga de trabalho, Richard Fernandes de Souza Cardoso (21) esperou cerca de 15 minutos para ser atendido (Foto: Fábio Jorge)

Desempregado Admilson Azevedo Brasil, 38 anos, estava sem trabalho há um ano, por questões de saúde. Ele recebeu a última parcela do auxílio-doença mês passado e já procura uma nova oportunidade de trabalho (Foto: Fábio Jorge)

Candidatos de Três Lagoas e de outras cidades da região, incluindo também dos municípios paulista, como Andradina, Ilha Solteira, Castilho ficam na fila em busca de oportunidade de trabalho (Foto: Fábio Jorge)

Comentários