26/10/2015 12h51 – Atualizado em 26/10/2015 12h51

Trabalho segue mais acelerado nas regiões sudoeste e sudeste do estado. No centro e norte, seis municípios não ultrapassaram a marca dos 5%.

Redação

Os produtores rurais sul-mato-grossenses estão acelerando o plantio de soja da safra 2015/2016. Segundo o Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga), da Associação dos Produtores de Soja e Milho do estado (Aprosoja/MS), até o dia 16 de outubro, 28,7% dos cerca de 2,3 milhões de hectares que deverão ser cultivados com a oleaginosa neste ciclo já haviam sido semeados.

Conforme o Siga, o plantio segue em ritmo mais acelerado nas regiões sudoeste e sudeste deMato Grosso do Sul, onde a média de áreas semeadas atingiu 34,4% do total projetado para a temporada. Nestas áreas, os sojicultores de Aral Moreira, por exemplo, plantaram até o fechamento do levantamento, 80% do previsto.

Em contrapartida, no centro e norte do estado o plantio segue em velocidade menor. Apenas 11,4% das áreas haviam sido semeadas até o dia 16. Dos 14 municípios destas regiões em que os técnicos da Aprosoja/MS fizeram a coleta de dados sobre a safra, em seis, a área cultivada não havia ultrapassado a marca dos 5% do total até esta data: Camapuã, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Paraíso das Águas e Pedro Gomes.

As projeções da própria Aprosoja/MS e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) indicam que o estado deve colher neste ciclo entre 6,8 e 7 milhões de toneladas de soja.

(*) G1/MS

Plantio da soja em Mato Grosso do Sul está sendo acelerado (Foto: Arquivo/Diego Silva/Aprosoja/MS)

Comentários