24.5 C
Três Lagoas
terça-feira, 16 de agosto, 2022
InícioNotíciasProfessora é morta por traficantes por não tirar câmera de segurança

Professora é morta por traficantes por não tirar câmera de segurança

Uma professora de 63 anos foi morta com um tiro no rosto por dois criminosos em Cabo de Santo Agostinho (PE). O assassinato foi motivado por uma câmera de segurança: traficantes ordenaram que o equipamento instalado na casa da docente fosse retirado, pois estaria atrapalhando a criminalidade. 

A vítima Edna de Souza passeava com o cachorro quando foi surpreendida pelos bandidos. As câmeras da residência da professora registraram o crime. O animal de estimação também foi baleado e morreu. 

A polícia trata o crime como premeditado. Edna caminhou poucos metros no momento da abordagem, enquanto os criminosos a esperava. Ela foi seguida até uma outra rua próxima e efetuaram os disparos. 

Os suspeitos levaram a mulher para tentar desviar do alcance da câmera. Após o assassinato, a dupla voltou caminhando normalmente e fugiram. Segundo moradores, a rua onde a professora morava está se tornando um ponto de venda e consumo de drogas. 

A vítima instalou quatro câmeras de segurança na residência, localizada a apenas 400 metros de um batalhão de polícia responsável pelo policiamento da região. 

Por SBT News

Comentários
MATÉRIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Este Conteúdo é protegido! O Perfil News reserva-se ao direito de proteger o seu conteúdo contra cópia e plágio.