24/01/2019 12h42

Prefeito Angelo Guerreiro, por meio de lei que ainda será apreciada na Câmara de Vereadores, estendeu o reajuste de 4,17% para a classe administrativa da educação, tanto para os servidores efetivos quanto comissionados

Redação

O secretário de Administração (SEMAD) de Três Lagoas, Gilmar Tabone, confirmou na manhã desta quinta-feira (24) o reajuste salarial de 7,37% neste ano para professores da Rede Municipal de Ensino (REME). O aumento se deve ao reajuste de 1,34% sobre o piso nacional 20h somado ao reajuste de 4,17% previsto em lei.

Segundo o secretário, o prefeito Angelo Guerreiro está cumprindo desde 2017 a resolução da Lei n.2.869/2014 que dispõe sobre o aumento do piso dos professores e especialistas em educação do município.

“Estamos 34% acima do piso nacional da classe. O Recursos Humanos da SEMAD já está programando o pagamento para a folha de Janeiro que está previsto para pagamento no dia 1 de fevereiro”, disse. “Já no próximo mês o salário dos professores de Três Lagoas passará de R$ 1.595,99 para R$ 1.713,65. O piso nacional da classe é de R$ 1.278,87”, ressaltou Tabone.

REAJUSTE CLASSE ADMINISTRATIVA

Segundo o secretário, em negociação com a presidente do SINTED Maria Laura, acompanhada das Sras. Suely Militão e Luciana Rueda, o prefeito Angelo Guerreiro, por liberalidade, convencionou que vai garantir o reajuste que foi dado para o piso nacional aos outros servidores da educação.

“O reajuste de 4,37% vai ser garantido para os administrativos, tanto para os servidores efetivos quanto os comissionados”, explicou.

De acordo com Tabone, “considerando a Lei 3.295/17, que será enviada para apreciação da Câmara, os vereadores aprovando, acreditamos que no próximo mês, no salário que é pago no início de março, os administrativos quanto os comissionados terão o salários reajustado em 4,17% retroativo a janeiro”, informou Tabone.

IMPORTÂNCIA

Para o secretário, “é muito importante ressaltar que o prefeito Angelo Guerreiro está cumprindo a Lei que foi feita para os professores e especialistas. Além de todo o investimento que tem sido realizado na educação com reformas de escolas e CEIS e melhorias em todos os aspectos, nosso prefeito está preocupado sim com o crescimento e melhoria na carreira do servidor”, disse.

“Esse reajuste não era uma obrigação legal para os servidores administrativos, mas nosso prefeito entendeu que a valorização é importante para todos os servidores”, finalizou Tabone.

Comentários