27/09/2013 11h15 – Atualizado em 27/09/2013 11h15

Prefeita participa da abertura do Fórum de Práticas Educativas

Evento é da SEMEC de Três Lagoas, com apoio de parcerias, para prestigiar e divulgar as melhores experiências em sala de aula com o Prêmio Professor Destaque

Da Redação

A prefeita Marcia Moura participou da solenidade de abertura do3º Fórum de Práticas Educativas do Ensino Fundamental, na noite desta quinta-feira (26), no Auditório das Faculdades AEMS.

O evento, promovido pela Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Três Lagoas, conta com o apoio do Sistema de Ensino Aprende Brasil – Editora Positivo, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Fibria (celulose) e Petrobras, por meio da Termelétrica Luiz Carlos Prestes, com o objetivo de incentivar, prestigiar e divulgar as melhores experiências vividas em salas de aula e entrega do Prêmio Professor Destaque aos três melhores trabalhos.

Nesta terceira edição, foram apresentados 57 trabalhos de novas experiências em sala de aula e os respectivos autores e autoras desses projetos educacionais, criados a partir do Sistema Aprende Brasil, foram contemplados com um HD Externo, independente da premiação dos três melhores projetos.

O prêmio a todos os professores e professoras participantes foi iniciativa da Indústria Fibria de Celulose, que no ano passado também distribuiu uma máquina fotográfica digital, como prêmio de participação.

VENCEDORES

O prêmio “Professor Destaque 2013” foi entregue aos três melhores projetos. Além da premiação em dinheiro de R$ 5 mil (1º), R$ 3 mil (2º) e R$ 2 mil (3º), os vencedores também receberam outros mimos e lembranças, oferecidos pelas empresas parceiras.

O primeiro lugar foi conquistado pela professora Rosemary Alves de Souza Carcia, pelo seu projeto “Trânsito Seguro Começa na Infância”. A vencedora é professora do primeiro ano (1º-A) de Ensino Fundamental da Escola Municipal Olyntho Mancini (Vila Haro).

O mérito do segundo lugar coube à professora Katiuscia Nepomuceno dos Reis, pelo seu trabalho vivido com os seus alunos do 1º Ano-B de Ensino Fundamental da Escola Municipal Professor Odeir Antônio da Silva (São João). A professora apresentou o projeto educacional “O Título?…Colecionadores: A Preciosa Construção da História”.

Foi surpreendente a votação da equipe de jurados na escolha do terceiro lugar, quando, sob os aplausos dos profissionais da Educação, optaram pelo empate e o prêmio foi concedido a dois projetos educativos.

Empataram a professora Patrícia Ferreira de Brito e a professora Franciane da Costa Melo. A primeira é professora do 1º Ano da Escola Municipal Elson Lot Rigo (Jardim Oiti). A professora Patrícia apresentou sua experiência em sala de aula, denominada “Aprendendo com a Ticher Fisch”.

Por sua vez, a professora Franciane, da Escola Municipal Professora Marlene de Noronha Gonçalves (Vila Verde), também obteve o mérito do prêmio de terceiro lugar, com o seu projeto educativo em sala de aula, junto aos alunos do 3º Ano-A, voltado contra o “bulling” e intitulado “Um, Dois, Três, Já!…Chega de Apelidos para Sacanear”.

AUTORIDADES

Na mesa das autoridades, a prefeita Marcia Moura estava acompanhada do secretário de Educação e Cultura, professora Mario Grespan Neto; assessora Educacional e Pedagógica da SEMEC, professora Jussara Aparecida de Souza Fernandes; professora da UFMS, Rosemeire Marques; e Mariza Maurício, da coordenação regional do Sistema de Ensino Aprende Brasil.

O evento também foi prestigiado com representantes da Fibria, da Petrobras e do Comando do 2º Batalhão da Polícia Militar.

“O projeto surgiu da necessidade de evidenciarmos os projetos educacionais da SEMEC”, resumiu a professora Jussara. Para ela, o trabalho das professoras e professores em sala de aula “é eterno semear e cultivo de um jardim, um construir permanente, com alegria, compromisso e muita responsabilidade”, observou.

“Trabalhar com projetos educacionais é semear ideias, descobrir e oferecer desafios, é fazer diferente”, ressaltou a professora Jussara.

ESPERANÇA E SORRISO

Por sua vez, Mario Grespan destacou o que chamou à atenção de quem esteve no evento, ou seja, “a alegria, esperança e sorrisos, expostos no rosto de cada profissional da Educação”, disse.

“É isso que queremos e é isso que iremos alcançar: o prazer, alegria e satisfação de estar e trabalhar dentro de uma escola”, manifestou.

“A Educação é semear sempre, é criar. E o fazer é tão importante que o sonho, que todos alimentamos”, completou Mario Grespan.

“É isso que faz a diferença e faz bem para a gente conseguir vencer os desafios que nos são apresentados todos os dias. Ver nossas professoras e professores alegres é contagiante e animador”, observou a prefeita de Três Lagoas.

“Vocês podem ter certeza que, na Prefeitura de Três Lagoas, além da prefeita, está sempre uma professora, igual a vocês, que reconhece e sabe o quanto é importante o trabalho dedicado, sério e responsável da nossa Educação. E quem ganha com tudo isso são nossas crianças e adolescentes, nossos alunos”, completou.

(*) Com informações de Assecom Prefeitura de Três Lagoas

Foram apresentados 57 trabalhos de novas experiências em sala de aula e os respectivos autores e autoras desses projetos educacionais (Foto: Divulgação/Assecom)

Comentários