17/11/2006 16h17 – Atualizado em 17/11/2006 16h17

MS Noticias

Levar até estudantes de Ensino Médio de escolas públicas técnicas de comunicação em rádio, vídeo e jornal impresso é o principal objetivo do projeto de extensão que está sendo desenvolvido entre os cursos de Jornalismo e Produção Publicitária da Unigran e a Escola estadual Presidente Vargas. O Projeto “Comunicação na Escola” pretende envolver professores e acadêmicos dos cursos com os estudantes da escola parceira, ensinando-os a fazer comunicação e não fazendo por eles. “Esperamos que no próximo ano a escola possa continuar com esses veículos institucionais funcionando, e os cursos prestarão uma assessoria técnica às eventuais atividades”, disse o coordenador dos cursos, professor Bruno Barreto. Através de palestras com professores que ministram aulas em cada uma das mídias, os alunos tiveram uma noção básica dos veículos em que atuarão. Como resultado do trabalho, eles produzirão um jornal impresso, um programa de rádio e um documentário até o final de novembro. Num segundo momento, acadêmicos atuarão como monitores, orientando o trabalho que é supervisionado por uma professora da escola em cada atividade de produção e execução. A coordenadora pedagógica do Presidente Vargas, Zoida Paurozi, espera que a partir do projeto “os alunos tenham noção de como lidar com as diversas mídias na escola, que possam informar e saberem que podem fazer, tendo visão crítica e utilizando os meios na sala”. Para ela isso representa inclusão na comunicação, o que fará com que os alunos não fiquem alheios ao que se passa ao seu redor, além de passarem a utilizar os meios de comunicação com responsabilidade. Dentro dessa parceria o objetivo maior é dotar as equipes de autonomia para as atividades, pois o trabalho será desenvolvido em diferentes escolas também no decorrer do próximo ano. “O ideal é que depois que a equipe da Unigran sair da escola, os alunos e supervisores assumam seus papéis e consigam dar continuidade ao trabalho sozinhos”, considerou a coordenadora do projeto, professora Cristine Medeiros. “O papel da Unigran é fundamental, sem essa ajuda não teríamos condições de viabilizar nossos projetos, só temos a agradecer não só a comunicação, mas os outros cursos, que também estão sempre atendendo as nossas necessidades técnicas e pedagógica nas diversas áreas do conhecimento”, finalizou Zoida.

Comentários