01/03/2012 16h47 – Atualizado em 01/03/2012 16h47

Projeto O Criador e sua Arte, apoiado pela Fibria, será lançado no final de semana

Assessoria de Imprensa

Acontece no próximo domingo (04/03), na Quadra de Esporte (Centro Comunitário) do bairro Jupiá, em Três Lagoas, o lançamento oficial do Projeto O Criador e sua Arte, desenvolvido pela Casa da Cultura de Três Lagoas, apoiado pela Fibria, Instituto Votorantim e Ministério da Cultura.

PROJETO

O projeto O Criador e sua Arte teve início em 2011, intitulado Horizonte da Arte atendendo 50 jovens de 15 a 29 anos que aprenderam técnicas de pintura em telas de celulose e 20 mães que realizaram atividades de pintura em tecido.

ATIVIDADES

As atividades do Projeto O Criador e sua Arte terão início no mês de março e se prolongam durante todo o ano se encerrando em dezembro, sempre às terças-feiras, no período da tarde, no Centro Comunitário do Jupiá.

Em 2012 os jovens da comunidade poderão usufruir de uma extensa programação que tem o objetivo de apresentar e valorizar ainda mais a arte de jovens talentos, respeitando o patrimônio da cultura local.

OBJETIVO

O projeto tem o objetivo também de organizar produções artísticas e valorizar diferentes épocas e regiões através da releitura e valorização de diferentes formas de arte, como expressão individual e coletiva do meio em que vivem, conhecendo a diversidade estética de produção e ampliar o conceito de arte. Os jovens irão aprender técnicas de pintura em telas de celulose, que serão expostas ao final do projeto.

De acordo com Evânia Lopes, da área de Sustentabilidade da Fibria, os projetos sociais apoiados pela empresa, tem como objetivo de trabalhar de acordo com a realidade local de cada comunidade, respeitando seus valores e ideais. “Os projetos visam o desenvolvimento dos jovens e das comunidades que passam a atuar como agentes de transformação social”, explicou.

SOBRE A FIBRIA

A Fibria possui capacidade produtiva anual de aproximadamente 5,4 milhões de toneladas de celulose e 313 mil toneladas de papel. Com áreas de plantio florestal nos Estados do Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, a Fibria tem uma base florestal total de 1,04 milhões de hectares, dos quais 393 mil são destinados à preservação permanente.

Exposição de telas da turma dezembro de 2011
Foto: Arquivo

Comentários